sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Boa arte mas péssima habilidade interpessoal

Sabe quando um produto artístico é bom, mas a(s) pessoa(s) envolvidas não demonstram ser lá muito simpáticas, e ficamos sem saber que peso dar àquilo que a princípio gostamos? Não?

Não sei se fui clara, tentarei um exemplo, quando um escritor produz uma obra-prima para depois descobrirmos que o autor é uma pessoa preconceituosa e arrogante. Devemos desmerecer o que ele escreveu?

Eu tenho muito cuidado quando alguém diz ter gostado de um show, mas não ter achado os cantores simpáticos. Não é todo mundo que consegue ser agradável o tempo todo, eu sei como é difícil; todos sabemos, só que tem gente que escolhe para sua profissão lidar com pessoas, e elas acabam sendo mais exigidas quanto à simpatia.

Quando você não conhece alguém no seu dia-a-dia e numa entrevista parece esnobe, eu não julgo, quem sou eu para tal? A pessoa podia estar tendo um dia ruim, ou não estar com ânimo para ser entrevistado. Ver alguém ser mal educado pode até abalar a imagem que se tinha antes, mas sair desmerecendo sua produção é mesquinho.

Devemos sempre ter em mente que não somos perfeitos. E não é agindo de forma igual que devemos esperar corrigir quem não sabe interagir de forma agradável. Devemos sempre agir da melhor forma que conhecemos, a influência por imitação é o melhor que podemos fazer. Gentileza gera gentileza.

4 comentários:

MisterJaPa disse...

Eu acho fundamental separar a arte do artista.
Eles geralmente não tem relação nenhuma, deixar uma coisa afetar o julgamento da outra é se basear em preconceitos.

Po, o filme pe legal XD
só me deixou meio tonto...
Eu achei q ia ser pior, gostei do clima de suspense, quem tá assistindo tem que ir decifrando algumas coisas, gosto disso. Mas gosto é gosto.

Pedro Estellita Lins disse...

Uma frase pra falar dessa sua postagem: "Você não vale nada mas eu gosto de você!" uhauhahuahaha
A única pessoa no mundo que te esnoba e te joga pra escanteio mas você continua gostando bagarai é a Crariuzia! uahuahua Só pra quem pode.
beijos!

Cla452 disse...

Caraca!!! Nem queimou meu filme agora =PP

Pedro Maia disse...

acho q ser humano já é profissão complicada porque você tem que saber lidar com as pessoas. de qualquer forma, admiro os livros, filmes, peças e atuações que você não lembra quem fez. depois você acaba descobrindo que é de fulano e q vc gostava é dos trabalhos d fulano.
mas aí são outros quinhentos