sábado, 2 de fevereiro de 2008

Condição médica: desidrose

A desidrose é o que chamamos de mistério da ciência. Ninguém sabe ao certo porque ela surge ou como tratá-la. De uns tempos pra cá eu comecei a apresentar essa praga e descobri que ela é mais comum do que eu imaginava.

Os sintomas que caracterizam a condição são pequenas bolhas que coçam e que geralmente aparecem nas mãos e/ou nos pés. Já fazia um tempo que eu tinha em um dedo da mão e eu trato com cortizona, geralmente resolve. Nunca mais eu me vi livre disso, mas eu aprendi a viver com ela e quando não incomoda já estou saindo no lucro.

No final deste ano de 2007, surgiram as malditas bolhas no pé, na sola e depois migrou para o lado do pé. Na sola era pior porque coçava bastante, mas agora só fica com uma aparência estranha, mas não incomoda.

Curiosamente esses dias eu descobri que o poeta Manuel Bandeira tinha desidrose, nem preciso dizer que isso me confortou bastante. Enfim, eu só queria alertar tanto para os que venham a ter e/ou os que já tenham que não estão sozinhos.

Edit: É importante ressaltar que qualquer procedimento ou experiência postada nos comentários não devem ser reproduzidos sem o conhecimento e aprovação de um médico.

372 comentários:

1 – 200 de 372   Recentes›   Mais recentes»
Priscila disse...

Eu também tenho, no dedo do pé esquerdo, em um dedo da mão esquerda e em dois dedos da mão direita...Isso incomoda bastante, já usei de tudo e não tem resolvido, agora anda tão inflamado que chega a rachar e sangra...Estou perdida, trabalho com computador e às vezes dói tanto que nem consigo digitar, tive que aprender a usar dedos que nunca usei pra nada...rs, mas espero um dia a medicina encontrar a cura total disso, porque é triste demais vc ter os dedos assim, as pessoas te olham com nojo de vc...é horrível!
Caso alguem possa me ajudar, me envie um e-mail...
priscilaruivo@ig.com.br

Anônimo disse...

Cristiane disse
Oi pessoal eu descobri a pouco mais de um mês o que era essas bolhas nas minhas mãos e pés.
É horrível a coceira,a dor que dá.
As bolhas estão cada vez maiores,gostaria de saber o motivo delas terem começado.
Se alguém puder me ajudar,me envie um email
crys_113@hotmail.com
09 de Fevereiro de 2008 15:09

Alessandra disse...

Eu tmb tenho desidrose!Mas, nem me lembro qdo começou...Sei q tenho desde pequena +/- 9anos de idade.
Pior, eu sou fisioterapeuta, trabalho com as mãos...nas pessoas. Imagina a cara de nojo de todos.
Mas, percebi que tem cura...SIM!
Isso é psicossomático.
Percebo q qdo não estou bem comigo mesma isso tudo piora.
Em janeiro fiz um treinamento de auto-conhecimento e adivinhem!?!!?
SUMIU TUDO!
Agora voltou. Preciso descobrir o q desencadeia isso para tratar definitivamente.
Começarei terapia em breve.
\o/

lisandra disse...

tenho desidrose e gostaria que meus caros leitores me ajudassem a esse terrivel problema. obrigado

Anônimo disse...

adquiri esta praga de desidrose quando meu filho sofreu um sério acidente de moto disse-me o dermatologista que foi por causa do stresse,sei não, mais que é muito desconfortável arrancar sapato em via pública para se coçar isso é uso dois tipos de cremes associados mas pelos anos já perdi as esperanças de cura

Anônimo disse...

sempre tive disidrose nos pés e agora resolveu aparecer também nas costas e o pior q por ser um lugar mais sensível arde muito...

Caroline disse...

Durante uma consulta com meu alergista, falei que tinha desidrose. Ele me mostrou um planfleto de uma vacina para tratamento. O tratamento consistem em 4 fases (cada fase com 10 aplicações). O preço fica em torno de 60 a 80 reais cada fase e o tratamento dura 1 ano e meio. Estou pensando em fazê-lo, mas antes terei que passar uma pomada, porque estou cheia de vesículas. ouvi falar que a pomada "Diprosone" é muito boa. Vou tentar!!!

Cidinha disse...

Meu filho desde muito pequeno tem desidrose, gastei muito dinheiro com dermatologistas e com pomadas caras e nada resolveu.Hoje ele está com 14 anos e sempre quando fica ansioso isso aparece de novo (Já chegou a ficar com as pontas dos dedos em carne viva)agora até na palma da mão aparece.Apesar de usar pomadas a base de cortisona a unica coisa que tenho visto resultados(apesar de manchar toda a mão e unhas)é fever agua deixar esfriar um pouco e colocar permanganato e deixar as mãos dentro por um tempo,quem me esnsinou foi uma das dermatologistas que consultei.Espero que isso lhes possa ajudar e se alguem souber de uma coisa melhor por favor entre em contato.
luizcidinha@msn.com

ANDRÉA disse...

kkkkk
Quase morro de rir com os comentários, afinal, tenho 38 anos e há mais de 20 convivo com a desidrose.
Gente, ela começou com o falecimento do meu pai...procurei vários dermatologistas até que meu atual médico disse, e eu ACREDITO, que é EMOCIONAL, afinal, quando estou sem "problemas" ela desaparece...e num passe de mágica, como agora, com o câncer da minha mãe, ela apareceu até debaixo do suvaco....kkk (podem rir) Meu rémédio? PSOREX CREME e "tentar" relaxar". Já fiquei, "vivi", vários ameses sem ela...porém, qdo o quadro é GRAVE o médico me receira ansilive de 0,5mg.
Estou à disposição de vocês...
Bjs.,
Andréa

eduardo disse...

tenho disidrose nas mãos. geralmente ela me ataca no início do inverno. começo a perceber que ela está vindo, ao surgir as malditas bolhas vermelhas que ardem e depois estoram. a partir daí são 3 meses até as paçams das mãos descamarem completamente. é um inferno!!! não tenho digitais mais.
são 20 anos convivendo com isso. alguém tem uma dica?
obrigado.

Anônimo disse...

Eu tenho disidrose há quase 10 anos. Curiosamente, no meu caso, ela aparece sempre em quase todos os dedos das duas mãos e apenas o pé esquerdo. Sempre!!! Já passei em vários dermatologistas, usei várias pomadas e cremes. Quase nunca com sucesso. O que masi funcionou para mim foi um medicamento chamado AMINOVAC. Trata-se de uma vacina (antígenos) que, no meu caso, o dermatologista recomendou 6 gotas embaixo da língua durante 3 meses. A primeira que eu utilizei foi incrível pois limpou tudo e fiquei um bom tempo sem aquele aparência desagradável. No entanto, surgiu novamente. A vacina já não ajuda mais... Já usei quase todas as pomadas e nada... Resolvi "largar a mão" agora, mas é ruim mesmo quando ela surge!!! Minhas mãos ficam parecendo mãos de "pedreiro"... Isso porque trabalho no computador o dia todo!

Anônimo disse...

LEIAM, POR FAVOR!!!
Eu tambem sofro de desidrose ha 10 anos. foi quando eu vim morar nos EUA e minha mae teve cancer. Tentei cortizona e so piorou, mas como sempre fui fa de medicina alternativa entao tentei a HOMEOPATIA e os FLORAIS DE BACH. Fiquei anos sem ter. Depois de uns 9 anos tive de novo um problema serio seguido de uma profunda depressao e eh claro a desidrose voltou. No entanto bem mais suave, nao chega ao ponto mais de rachar e sangrar, da uma bolha aqui outra ali e no ultimo inverno tive uma rachadura na mao. A pele fica mais seca e descasca muitas vezes, mas nao me incomoda, tanto eh que relaxei e ja estou com os sintomas ha um ano.
Tentem que funciona, a desidrose eh puramente EMOCIONAL.
Boa sorte

K disse...

Gente, socorro!
Tenho desidrose nas mãos e, claro, estou sem digitais nos dedos mais atingidos. Por conta disso, é possível que eu deixe de tirar um visto!
Eu preciso resolver para que eles me dêem o visto. Alguém ajuda?
Meu e-mail camila@folhadocanada.com .
Desde já, obrigada!
Beijo,
Camila.

silvia disse...

Queridos amigos (a), também já tive desidrose, na verdade uma vez tendo sempre tem-se. Sou enfermeira, nutricionista e terapeuta floral, me tratando com pomadas com esteróides, me aliviava, o q realmente aliviou foi fazer um tratamento com flora e o autoconhecimento,amigos, analisem á fundo se vocês estão com sérios problemas emocionais e não estão conseguindo alcxançar os seus objetivos, isto é um problema psicossomático, está ligado com as dermatites, e elas são ,muitass vezes problemas emocionais. é muito chato e constrangedo, eu sei, principalmente qdo se é profissional da saúde e se precisa lidar com as pessoas, mas procurem não ficarem abalados, pois isto só piora a situação.Se alguém perguntar seja sincero e deixe claro q isto NÃO é contagioso.
Eu particularmente sugiro uma terapia floral,para mimj o sistema de Saint Germain, foi que me ajudou, e fazem 2 anos q nunca mais tive nenhuma crise, Eu desejo a todos sucesso nesta jornada de descoberta e cura do seu problema, que o Sr.Supremo a bençõe a todos,e um grande abraço.
Shylvia Roesler.
Ps.- Se quiserem podem me mandar email ( shylviaroesler@hotmail.com)

Rafael disse...

GALERA,

Eu tenho 23 anos e há pelo menos 13 anos lembo desta maldita desidrose me "atacando".
Não sou especialista no assunto mas já percebi que ANSIEDADE E STRESS são as causas deste problema, pelo menos no meu caso.
Para resolver Há duas maneiras que eu conheço: 1- Tirar férias
2 - PSOREX (Pomada) Propionato de clobetasol 0,5 mg.

Espero ajudá-los.

Anônimo disse...

Meu médico mandou tomar uma injeçao pra estourar as bolhas ja que tenho faz tempo. Achei que era micose, e estou com estrias de tanto usar corticóides. TOMEM MUITO CUIDADO COM SE AUTO MEDICAR. E nao usem mais tempo que o medico mandar....

Corticosteróides dão estrias feias. Usem só o tempo que o médico mandar.

Ma disse...

Hoje ouvir de uma médica....
vc vai ter que aprender a conviver com isso.
Karamba... isso coça pra valer... rsrrs
vai ser difícil aprender conviver.
Ma

Nati disse...

A desidrose está sociada a emoção, provavelmente, você está passando uma fase de elevado estresse, onde ansiedade predomina e o corpo termina somatizando as emoções acumuladas e as transformam em doença. Depois de um tratamento homeopático as minhas somiram totalmente, e só reaparecem quando estou muito estressada. Um abraço e espero que a informação ajude.

P.S Recomendo que procure um médico homeopata e uma terapia também pode auxiliar, pois ajudar a colocar as emoções, que você as vezes nem lembra, para fora.

barbara disse...

sou podologa e ja vi varios casos de desidrose.Posso afirmar que o emocional influi muito na fase aguda da doença.As terapias ajudam muito nesses casos.

Leo disse...

Este mistério da ciência realmente aflige até os dermatologistas pois nem os mesmos sabem o que indicar. Tenho isso há uns 4 anos e fiz experiências com as pomadas Losalen e Desonol que não adiantaram nada. A que tem aliviado ação de coceira e feridas que me deixou muito satisfeito foi a Dermacare.

Reg disse...

É, pessoal. Só com bom humor.
Estou nesse exato instante digitando minha dissertação de mestrado. Isso por si só já dá pistas do motivo do reaparecimento das bolhinhas num único dedo da mão esquerda. É um momento de pilha, mesmo.
Depois de muitos anos sem qualquer manifestação (a outra vez foi num momento bem delicado) e coincidindo com o uso de um antibiótico, as bolinhas apareceram há dois meses. Tratei com homeopatia e desapareceram em duas semanas. Mas, há pouco mais de uma semana, reapareceram.
Está uma coisa linda. Voltei às bolinhas da homeopatia e (atenção pessoal da coceira) não está mais incomodando. Só é muito feio.
Portanto, me solidarizo com todos e voto na indicação geral aí: homeopatia. Porque, levando em conta a própria experiência e as relatadas aqui, pelo que deduzo, a origem emocional do problema é que tem que ser observada e tratada.
Boa sorte.

Vera disse...

Oi Malta!

Eu tive desidrose durante anos, até pelo menos aos meus 12 anos. Tinha comichão intensa nas mãos e um inchaço anormal das mesmas e tinha bolhas nos pés, entre os dedos, ou seja, sempre 8 em cada pé. Ia sempre às urgências e lá elas eram rebentadas com uma agulha esterilizada até que voltassem a aparecer. Depois de muitos e muitos dermatologistas, houve um que me curou, receitando-me um pó (o problema é que já não sei o nome, talvez fosse um cloridrato) em que eu misturava com água e punha os pés de molho, estive durante umas semanas a fazer o tratamento e fiquei curada para sempre. Passados muitos anos, só duas ou três vezes tive umas comichões que tratava com desodorizante para pés da famácia. A comichão nas mãos passava com água fria corrente.

Espero ter ajudado...

Anônimo disse...

Ai!galera quando agente percebe que não estamos só surgem um certo alento em nosso coração. Vou contar minha esperiência com a desidrose o sintoma sugiu em 1983 e durante três anos convivi com o problema apesar de ter ido ao médico, simplesmente falou isso é desidrose receitou uma pomada e vim embora não resolveu nada! Tudo que me ensinaram usei a medida que o tempo passsava fiquei preucupado pedindo muito a Deus que ficasse curado então eu passei a observar o comportamento da doênça e percebi que ela se localizava entre a derme e epderme isso dificulta o organismo fazer a defeza pois, a circulacão sanguinea é precária e eu ouvi dizer também que se trata de um fungos que se instala nessa região e eu sabia também que um dos maiores fungicida que existe e cloro que diluido conhecemos como água sanitária, pensei em utilizar para tentar resolver o problema etão fiz o seguinte peguei um aparelho de barba raspei a superfície da pele até ficar exposto aqueles buraquinhos de onde saia uma secreção parecido com saliva coloquei meu pé enbaixo do chuveiro com água bem quente e antes que o pé esfriasse eu o secava e colocava um algodão seco encima preso por espaladrapo então pegava um pouquinho de água sanitária e molhava o algodão a sensação era que estava com o pé no meio de brasas colocava a meia e o tenis após alguns longos minutos a dor sumia ao chegar em casa o aspécto da desidrose era bem melhor repeti vária vezes isso até que a desidrose sumiu ficando alguns carosos enbaixo da sola do pé tendo em vista a pele mais grossa creio que impediu a água sanitária de atingi-lo, porém,não me encomodou mais, hoje em meus pés não há mais desidrose nem mesmo os pequenos caroços desapareceram,uns 10 anos depois
apareceram no dedo polegar
esquerdo um pequeno início que
lembrando da esperiência anterior fiz o mesmo processo e também desapareceu. Quanto ao meu caso foi assim que me livrei da desidrose se foi considência ou não, não sei. gostaria de diser que não aconselho ninguém a realizar essa esperiência é muito dolorida e a água sanitária pode em algumas pessoas provocar alergias graves.
A desidrose na minha opinião e um fungos que se instalam entre a carne e a pele em momentos em que o corpo está com baixa capacidade imunológica ocorre os sintomas que conhecemos, talves esteja errado, sinceramente não sei. fato é que não tenho problemas atualmente desidrose nem mesmo sinal que tive.
Achei que deveria contar a minha esperiência desejo a todos saúde e paz, confiem em Deus, que é pai. um beijo para todos

ELAINE disse...

Olhem só que coisa estranha:tenho desidrose em apenas um pé, que é o esquerdo.
Essa coisa estranha deixa meus dois pés completamente diferentes um do outro. Até parece que pertencem a pessoas diferentes.
Já tentei várias pomadas e cremes com corticóides, que melhoram o problema, mas não resolvem.
Tive um bom resultado com uma pomada que faço em casa, com confrei, que tem um grande poder de cicatrização, naquela fase que de tanto coçar as bolhas rompem e você fica com uma dolorosa ferida nos pés. outra dica é sempre que uma bolha romper, proteger com um esparadrapo, se vc não for alérgico,antes de se calçar.
Se alguém se interessar pela pomada de confrei ou outras, meu e-mail é:elainebento@oi.com.br
quem sabe um dia não organizamos o I Encontro de Portadores de desidrose, para trocarmos nossas experiências, já que a medicina, não resolve nosso problema.

Flora disse...

Olha, a maioria das pessoas está dizendo que as benditas bolhas apareceram por causa do emocional...mas comigo aparecem mais perto do verão. É estranho, mas raramente a desidrose acontece comigo em outras estações.

bom, quando alguém descobrir um meio de curá-las, me avisem! =)

Caio disse...

Tenho desidrose há quase dois anos.
sou de Salvador, morava num bairro chamado Costa Azul e me mudei pra Nazaré. Uns 7 meses depois começou os sintomas. A 1ª bolha apareceu no dedo mindinho direito e eu estranhei, fiquei apertando e etc. Depois se espalhou, veio pra "raiz" do dedo, depois mais pra baixo, e chegou no outro dedo. Procurei o alergologista mais o máximo que fizeram foi receitar TROK. Não adiantou. Fui em outro, e o médico viu a receita, e me disse pra comprar o TROK-N. Não comprei pelo resultado da outra pomada. Me acalmei um pouco, as bolhas sairam de um dedo, o rasgão que fez na palma cicatrizou, e o dedo que sobrou parou de coçar. Depois me irritei de novo, voltou a coçar (só em um), e fui ao homeopata. Aleluia, ele disse que era desidrose, disse que era psicológico, e dá pra levar.

Então eu deixo um recado:
Quem não "entendeu" a sua doença no alergologista, vá ao homeopata. E a doença é sim psicológica. Se vc se estressa demais, procure terapia, ou simplesmente relaxar.

Rose disse...

Bom... eu já tenho desidrose há uns doze anos. Tb começou com umas simples bolinhas no dedão da mão direita e, por fim, tomando conta de todos os dedos da mão. Após vários anos sendo cobaia tb, finalmente, um médico pediu para fazer biopsia e aí que descobriram o nome da doença! A bendita 'DESIDROSE'! A minha se dá em razão de uma alergia ao suor! "Seria cômico se não fosse trágico!" Então toda vez que transpiro, independente da estação do ano, surgem estas maravilhosas bolinhas e sintomas que vcs já conhecem. Já usei todo tipo de pomada tb! Nesta ardua trajetória, o único remédio que inibe o surgimento destes sintomas é o Merticorten (ou o seu seu genérico). Contudo, este remédio é constituído de Cortizona que faz muito mal ao organismo (além da retenção de liquidos). Atualmente, utilizou a pomada Betaderme que ajuda no 'pós-bolha', naquela fase das rachaduras!! Bom, continuo na luta por algo que evite a aparecimento das bolhas ou pelo menos amenize. Se souber de algo, aviso vcs! ablr@ig.com.br

Pôlo disse...

Eu também tenho de vez em quando nas mãos, mas agora em outubro, foi o recorde de aparecimento das bolhas! E tão coçando como nunca! =/

Tô achando também que tem a ver um pouco com calor, além do fato de ser psicossomático. Eu já percebi que quando eu estou preocupado com alguma coisa, elas aparecem, mas dessa vez eu tô na buenas, e apareceram muitas! Acho que pode ter a ver...

E viva a internet! Aproximando pessoas com disidrose (ou desidrose...vai saber).

Anônimo disse...

Gente,
Tentem fazer um tratamento homeopatico.

Miguel Ramirez Zepeda de Mondale disse...

Vamos resolver o problema da desidrose.
Primeiro: Cortem a carne vermelha, qualquer tipo de embutido e/ou enlatado e charque. É para cortar mesmo, senão não adianta.
Segundo: Tenham sempre limão em casa. Bebam todos os dias, e eu disse todos os dias, 500ml de limonada com adoçante.
Isso vai fazer desaparecer os sintomas e nascer uma pele nova no lugar das marquinhas que ficaram.
Você não está curado. Apenas mudou o ph do sangue e está "limpo" agora.
Pode arriscar um bifinho de vez em quando, uma rabada e até uma feijoada, de leve. São verdadeiros venenos, mas se você gosta...
E tem que tomar a limonada sempre que terminar a refeição ou logo que chegar em casa, podem baixar para 200ml.
Se você gosta de cerveja e vinho, prepare-se para evitar drasticamente os dois.
Em três dias já verão alteração positiva. Adeus coceira.
Postem os resultados.

Pôlo disse...

Na real a melhor maneira é deixar o troço passar sozinho. Eu me disciplinei a não ficar arrancando nem coçando, mesmo nas piores horas. É um treino louco! huahuhuaa!

No geral as minhas bolhas ressecam sozinhas, então é "só" ter paciência esperar.

katia disse...

Tenho desidrose há uns 15 anos. Da primeira vez apareceu nos dedos e nas palmas das duas mãos, como eu não sabia o que era eu coçava e estourava as bolinhas, aí piorava tudo. Depois o médico me disse o que era, que não tinha cura e que era causado pelo estresse.
Depois de todos estes anos tenho certeza do componente emocional desta doença. Há muito tempo ela não aparecia e, agora voltou com tudo...ô coceirinha danada!!
O negócio é resolver o que está me incomodando e esperar passar!!
Ps: O problema é resistir à tentação de estourar as bolhinhas! rs

Anônimo disse...

Adquiri isso não sei quando ,e nem porque.Passei no dermatologista e ela disse q é do estado emocional ,então estamos todos ferrados ,pois não ter stress é quase impossivel.A minha é nas extremidades dos 2 pés ,e graças a Deus não tenho na mão.Já tentei associar a algo q como ,mas não obtive resultado.Procuro deixar os pés livres.

Anônimo disse...

OI descobri que tenho desidrose através de um dermatologista comprei um creme e não adiantou nada fui a um alergologista e ele disse que eu tinha que tomar injeções que isto significava que eu tinha uma bactéria no sangue e que teria que fazer um tratamento a base de injeções de bezetacil,,, preferi não arriscar e agora não sei o que fazer...vamos tentar encontrar uma solução a minha palma da mão esquerda está feia e as pessoas me perguntam e eu fico muito constrangida...nabelalvim@yahoo.com

Andréa disse...

Oi pessoal!
Nunca tinha ouvido falar nessa tal de Desidrose... até que em uma das escolas em que trabalho, uma profª acabou comentando sobre uma alergia que tem, e falou que o nome é esse. Engraçado que os médicos aonde passei em consulta, (e olha que foram muuuuuuuitos), nunca falaram isso para mim: diziam somente que era uma alergia, outros que era micose, outros ácido úrico... Cada uma!!!
Mas analisando direitinho, em todas as vezes que estou estressadíssima, as benditas bolinhas aparecem, juntamente com a coceira...É, eu já aprendi: o negócio é tentar RELAXAR!
Bjos a todos.

Néia disse...

A primeira vez que tive essa praga...foi há 11 anos atrás (na dieta do meu primeiro filho)fiquei muito estressada...depressão devido à mudança de vida, um bebê que chorava muito...Agora sempre que estou estressada, lá vem ela de novo e sempre nos pés...Lendo os outros depoimentos até agradeci à DEUS,pois têm lugares muito pior!!!! Achei que tivesse sido praga da minha Diretora que disse quando soube: Ah! isso nunca mais sara sempre volta , não tem cura!!!! Agora tenho certeza que o negócio é feio!!! Ela (a diretora) ensinou a banhar com um mato chamado erva de bicho, na época funcionou...Agora moro em outro estado (antes morava em SP)e ninguém conhece com esse nome: erva de bicho.Mas uma coisa posso afirmar é emocional. No momento estou com uma horrível, pois estou sem empregada, trabalhando fora (trabalho no período da manhã) e tendo que levar e buscar os filhos à escola e as outras atividades (basquete, ballet, natação, inglês, handball).É ninguém merece...e ainda tenho neura por limpeza!!!! Se alguém conseguir a cura ma dá um toque: auridibrito@uol.com.br

lidiana lauriquer disse...

Gente, tenho essa doença há + ou -, vinte anos,e hj descobri o nome.
Tenho de (nov a março), só no calor. Ainda bem que moro no SUl, torço muito pelo inverno rigoroso.
Desde que descobri meu médico receitou drenison creme.
Me alivia o desconforto da coceira e o aspecto feio das mãos.

Eva disse...

Infelizmente tbem tenho essa doença em minha mão. Hoje ja estou começando a me adaptar a viver com isso.. Mas é verdade q isso sim piora com o nosso psicologico abalado... vc deve estar sempre de bom com a vida..rsrsrs..Eu tenho na mnha mão direita em 3 dedos e agora ta começando na palma da mão tb. A minha Dermatologista me ensinou a nao usar sempre o creme com corticoide, pois a pele começa a se adaptar e viciar.. chegando a um tempo q nao ira resolver mais.. entao use o corticoide qdo vc ver q esta em fase critica.. tipo com as rachaduras abertas ou sangrando.. e outra dica maravilhosa q ela me ensinou foi usar direto e variar vezes ao dia o creme da AVON - LUVAS DE SILICONE, pois esse creme ajuda a sempre estar protegidas as mãos, vc pode passar varias vezes ao dia.. Agora ja é dificil eu ficar com os meus dedos rachados.. pois tenho esse creme em varios lugares, na cozinha de casa onde mecho sempre com agua, e sempre passo...e uma dentro da minha bolsa direto.. e outro no meu guarda-roupas. Ate agora foi a melhor solução que encontrei.. e esta me ajudando muito.. pois estava com muito medo de ate ter q largar da minha profissão que é a Massoterapia...q é o uso direto das maõs FAZENDO MASSAGENS. Espero q meu comentario e minhas dicas sirvam para vcs e que pelo menos ajudem um pouco. E se alguem tiver mais alguma dica a me dar, pode mandar ao meu e-mail evasantini@bol.com.br , podemos trocar informações e tentar nos ajudar. Abraços a todos!!

Maria Aparecida disse...

Olá pessoal, também tenho desidrose no pé esquerdo e quando surgem as bolhas é horrível. Não me lembro quando e porque isso iniciou, mas sei que faz muitos anos. Sempre que estou prestes a prestar um concurso me aparece esse problema! Outra coisa que tenho notado também é quando tomo algo que tem alcoól parece piorar.
Que Deus abençoe a todos.
Beijos.

Anônimo disse...

Olá gente,
Eu tenho desidrose há 10 anos. Quando o 1° quadro iniciou foi no dedo médio da mão esquerda, a dermatologista mandou eu tratar com cefalexina + novacort (meu dedo parecia que tinha uma cratera). Durante a faculdade os episódios eram de aproximadamente 2x ao ano, agora que estou trabalhando os episódios são FREQUENTES, assim...não acabam, estou praticamente desde junho deste ano com a crise! Tem noção do que é isso! Sou enfermeira, trabalho dentro de uma comunidade, imagina vc atender crianças com escabiose, e outras dermatites infectantes com a mão toda aberta!?
Não aguento mais isso! Preciso de um tratamento que pelo menos amenize a frequência das crises!
Me ajudem por favor!
Meu e-mail...
janabalmant@hotmail.com

Anônimo disse...

ixi...posso dizer q tbm tenho essa doença, como todos eu nem sei como começou....Emocional?Quase certeza....acho q apareceram qndo tive uma crise de dor de cabeça seguida de vomito,nessa epoca fiz varios exames p saber se era figado ou estomago mais tá tudo normal,com o aparecimento da desidrose conclui ser emocional,qndo acho de estão diminuindo elas voltam...vou tentar ficar mais calma e to passando candicort, vamos ver se vai melhorar!!!

Anônimo disse...

ATENÇÃO!!! LEIAM! IMPORTANTE!
Pessoal, também achei que tinha desidrose. Já fazem 6 anos, que de 6 em 6 meses me sai bolhas doloridas, que coçam muito, sempre na mão direita. Pois desta vez resolvi ir num dermatologista. Procurei até achar um que me atendesse no mesmo dia que começou a sair as bolhas. Sabe qual o diagnóstico? HERPES!!! Sim, ela sai nas mãos também, ou costas, pés ou qualquer lugar. Nunca tive sintoma algum de Herpes (na boca ou orgão genital) e quase não acreditei quando a médica disse q era HERPES. Pois é... um conselho pra todos: PROCUREM UM MÉDICO NOS PRIMEIROS SINTOMAS! ABRAÇO A TODOS!

Anônimo disse...

Amigos tambem possuo esta maldita doença, minhas crises estão ficando cada vez mais intenças e agora meu pé esta horrivel com fissuras enormes e muito pus, não consigo colocar mais um tenis e meu dermatologista não sabe mais o que fazer, venho tentando pelo o menos melhorar usando anti inflamatorios e a pomada candicorte. quando alguem souber de alguma novidade no tratamento por favor me avisem spock.jpa@ig.com.br

Susi disse...

Eu tenho desidrose há uns 17 anos, já andou por diversas partes das mãos. Foi difícil achar um dermatologista que diagnosticasse, pois a maioria achava que era alergia a alguma coisa, perguntavam se eu usava anéis, etc. Daí achei uma santa dermatologista que finalmente diagnosticou desidrose. Ela receitou um creme chamado Furoato de Mometasona. Alivia bastante e se usado todos os dias, várias vezes ao dia, chega a quase desaparecer. Percebo que crises emocionais (estresse, principalmente) causam piora, mas também no verão me dá a impressão que o suor causa as bolhas. Também contato manual com tomate e melão causam ardência e coceira, mas só quando a pele está machucada. E meu marido tem também, as unhas ctem seu crescimento prejudicado, mas para ee o Furoato de Mometasona não funciona tão bem, ele usa uma pomada de cortisona com outro nome. Será que nossos filhos herdarão esa praga?

Anônimo disse...

Um ótimo remédio:
Vinagre com sal.
Fure as bolhas e deixe um algodão molhado na mistura sobre elas.

Luísa disse...

oie!
me tira uma dúvida??
eu tenho essas bolhinhas só nas mãos, pelos sintomas, é desidrose, mas a unica coisa que me intriga é que não coça como várias pessoas falam....
a sua coça ou só te incomoda? pq é indiferente parr mim, a não ser que é esquisito....
agradeçoO
=*

Anônimo disse...

fiz um tratamento por conta propria com iodo aplicando todo dia , estoura as bolinhas de agua antes de aplicar ... ai elas vao secando ... 2 a 3 vezes ao dia

Luiz disse...

Eu de uns tempos pra cá, me deu essa droga de desidrose.
mas minha Dermatologista me receitou uma pomada (Dipropionato de betametasona + sulfato de gentamicina)
tem em qualquer farmacia, esse é generico...mas tem o original tambem.

Ajudou bastante, desapareceu... mas tem que cuidar.

Descobri tambem, que FRIEIRA... mesmo que nos pés, consequentemente causa desidrose até nas mãos.

A dermatologista disse, que se eu tratar a frieira ou qualquer tipo de infecçao causada por fungos essa desidrose desaparece.

VODOL agoraa!
;P

Espero ter ajudado!

fernando disse...

Luiz,

Essas bolhas começaram a aparecer nos meus pés primeiramente e depois nas minhas maõs a 1 mês, elas estão acabando com meus pés, quando estouram ficam só na carne, ae resolvi ir hoje ao médico para ver do que se tratava e ele disse que era desidrose, ele falou que o psicológico afeta muito, e também as grandces variações de tempo, como está acontecendo atualmente aqui em Anápolis-GO, ele fgalou também dos fungos que podem agravar a situação, e indicou os seguintes remédios: Cloridrato de Terbinafina, Prednisolona, Pomada "Trok Creme" q nao conheço. Espero que a minha situação e a de todos vocês um dia se resolva, pois é algo muito incômodo. Apesar de tudo, tenho uma irmã q tem desidrose tbm há uns 10 anos , e ela já usou várias pomadas, já fez varios exames, e não foi curado, quando ela estava perto de casar, foi a pior época, a mão dela ficou muito muito ruim! O Psicológico tbm interfere na forma e intensidade da desidrose.

Meu nome é Fernando Squeff

mae_sozinha disse...

Mais uma com desidrose... ngm merece.... rs
bom, eu sempre q tenho algum estresse emocional estora minhas mãos, eh horrivel. Mas eu sou a rainha da somatização. Sou uma pessoa q guarda as emoções raramente choro.
mas o q eh pra de somatizar pode botar, o meu dermato vai eh rir...
ele dah uma de psico... e vai logo perguntando o problena???
eu tenho tdo q eh somatização. Hoje mesmo fui pro hospital com dor de estomago. Então eu tenho gastrite, herpes, caspa e desidrose...
normamente numa crise estora uma das coisas...
agora q eu terminei um relacionamento tive gastrite, caspa e desidrose...

socorro...

como se vive sem estresse???

meu email
mgcarla1@hotmail.com

Anônimo disse...

Tenho desidrose há 20 anos. Neste meio tempo tive crises terríveis onde mãos e pés ficavam tão inflamados que não podia caminhar. Tratei um tempo com meticortem, engordei 10 quilos, mas não tive mais crises tão violentas. Hoje, quando as bolhas aparecem eu tomo Celestamine, que é um anti-alérgico mais leve, mas também à base de corticóides. Por um tempo as bolhas praticamente desaparecem. A tendência é aparecerem no início da primavera (setembro) e desaparecerem durante o inverno.
espero ter ajudado

Ricardo Fahham disse...

Meu Nome é Ricardo

As indesejáveis vesículas apareceram a uns 3 anos.
A principio em pequenas quantidades e chegou ao ponto de soltar toda a pele do dedo angular.
Ficou em carne viva.
Para cicatrizar usei o famoso permaganato.
Mas invariavelmente aparecem em todos os dedos das mãos e em algumas partes dos pés.
A aparência realmente fica muito feia de se ver. Cubro as mais inflamadas com bandaid.
Cheguei a usar um pomada com (Dipropionato de betametasona + sulfato de gentamicina). Mas ela só serve para a cicatrização das feridas, não resolveu o problema.
Realmente percebi que elas simplesmente somem por umas 2 semanas sem a parecer nenhuma vesícula se quer.
Fiz todos os testes possíveis e imaginários.
Troquei toda a alimentação.
Exclui do cardápio todos os temperos.
Deixei de comer vários tipos de alimento. Enfim Emagrecí, mas não teve jeito.
Ora ou outra elas voltam.
Não relacionei o aparecimento destas benditas vesículas com o estado emocional porque geralmente sou muito calmo.

Enfim eu como os demais também estou sem nenhuma noção de como resolver este problema.

Angela Maria disse...

Eu percebi q de novembro a março essas bolhas aparecem, só que neste ano/08, foi mais forte. Dai pesquisei e vi esse tal de Desidrose, fui a 2 dermatologista, mas ñ confirmaram,mas me idenfico com o caso de vcs.Sou mãe solteira, filho "especial",fico muito nervosa na epoca de ferias. Em fim, o ultimo medicamento que me foi passado pelo dermatologista é: FOLDAN (SABONETE), FLUCONAZON 150mg,DRENIFORMIO (Creme)e Compressa de Permaganato.Espero que ajude a todos.

Anônimo disse...

Achei mais sensato o conselho de parar com a carne vermelha (boi, carneiro e porco) e usar a limonada com adoçante para mudar o ph. Eu acrescentaria um tratamento tópico após o banho: PVPI (IODOPOVIDONA), QUE é antibacteriano, antimicótico e antiviral. Experimente por 1 mês. Faça o teste. Acho que vai dar certo.

Gleicemp disse...

Olá a todos...estou lendo alguns relatos e estou vendo que tive isso...Em 1990 mais ou menos tive no meu dedo precisamente no indicador e nos pés...aparecia bolhas depois sarava e voltava não tinha intervalo grande, cheguei até pegar uma infecção de tanto mexer nele..coçar.. acho que fiquei com isso 1 ano e meio mais ou menos usei muitas medicações, tais como Novacort creme,lavava com água buricada 2% e depois passava o creme, cheguei a usar tb o psorex, me lembro por causa da embalarem,usei até o Zoviraz ....até chorei pensando que fosse câncer de pele, pois acreditem os médicos não sabiam o que era,pois, bem fiquei curada depois desse tempo..agora como e qual foi a medicação não sei...de um dia para o outro não voltou mais, tenho marcas no meu dedo ainda... na época o que posso dizer é que meus pais estavam em crise quase para se separar..o que pode ter sido isso. Então o que posso dizer é pelas experiências que tive e vejo em algumas crianças passaram por isso é tratar bem, usar as medicações na hora certa limpar direito, evitar contato que algo que possa provocar o surgimento de novas erupções de bolhas, vejam se tem algo que provoque isso como poeira em casa, lugares com mofo ...meu pais viram tudo isso e graça a Deus estou boa e livre dessa praga. Boa sorte a todos.

Anônimo disse...

estou a 15 dias usando o vinagre com sal... para a coceira... porem nao para de nascer novas bolinhas. As rachaduras tb estao menores. Por qto tempo poderei usar esta mistura?

Anônimo disse...

LEVEI MINHA FILHA NO DERMATOLOGISTA ESSA SEMANA E A MÉDICA DISSE É DESIDROSE, ELA DISSE Q É EMOCIONAL E GENÉTICO POIS O PAI DELA TEM, ELA SÓ TEM UM PÉ, A MÉDICA PASSOU CANDICORT MAS JÁ AVISOU NAO TEM CURA, CADA VEZ Q ALTERA O EMOCIONAL ELA FICA MUITO ANSIOSA PODE VOLTAR

Anônimo disse...

Tenho bolhas nos pés desde os meus quinze anos. Sempre me deixaram chateado, mas... Na primeira vez que procurei tratamento, percebi que o médico não sabia do que estava tratando e após ler a bula do corticóide, abandonei pensando que o tratamento me faria mais mal do que as bolhas.
Em dezembro do ano passado elas ressurgiram e, mostrando força absurda, racharam a sola do meu pé. Desesperado, adotei o empirismo como caminho para a cura e, após tentativas fracassadas que incluiram sal grosso, água quente, etc., tive sucesso colocando 'povilho antiséptico granado' nas minhas meias, antes de calçar o tênis. Com isso, meus pés ficaram secos e as bolhas sumiram. Agora só tenho algumas, nas mãos... não há como ir trabalhar com as mãos brancas de talco heheheheheh

Ana Paula disse...

Tenho essas malditas coceiras entre os dedos, que racham e sangram, após cicratização começa o ciclo novamente: as bolinhas, a escamação e o sangramento.
Procurei um dermatologista, que como uma das colegas descreveu em um dos comentários me monstrou um panfleto e "tentou" vender uma vacina. Ao término da consulta eu perguntei se ficaria curada após a vacina, ele falou: "Cura não tem, vc vai eliminar o que não pode comer". Pra que vou gastar dinheiro em vacina então....
Estou pensando em comprar uma bolha pra morar dentro, por que segundo este dermatologista, eu tenho alergia a TUDO....
Mas tem horas que eu entro em desespero... coça muito e sangra.

Anônimo disse...

TENHO ESSAS PORCARIAS TAMBÉM. AS BOLINHAS FICAM EXATAMENTE NAS MÃOS, A DERMATOLOGISTA ME DISSE QUE É DE SISTEMA NERVOSO, MAS SEJA COMO FOR É HORROROSO...

Anônimo disse...

Gente sofredora da desidrose:
Acabei de entrar ao clube, faz dez dias, após beber muito suco natural de laranja e beber drinks com álcool, pois estou de férias. O teor de ácido úrico no meu sangue está alto - 8,9. A minha esposa disse que ela já tinha sofrido desse malestar - dedos rachados - e atribui a cura a ter ingerido babosa batida com água, em jejum. Ela sofria também de psoríase nos cotovelos e tudo desapareceu. Encararei a babosa ( Aloe Vera ) e depois volto para contar. Abraço sincero.
Sonhador

Anônimo disse...

OLA , TAMBEM SOU UMA SOFREDORA DAS BOLHINHAS TENTO AMENIZAR DA SEGUINTE FORMA VOU DE 30 EM 30 DIAS NA PODOLOGA E PEÇO PARA PASSAR BEM AQUELA LIXA INCLUSIVE ESTOURANDO AS BOLHAS DEPOIS FAÇO HIDRATAÇÃO PASSANDO OLEO DE AMENDOA COLOCO CADA PE EM UM SACO DE PLASTICO E COLOCO MEIAS DEIXO MAIS OU MENOS 10 MINUTOS TIRO E SECO COM PAPEL TOALHA , ANTES DE COLOCAR OS SAPATOS DESINFETO COM LISOFORM SPRAY 10 MINUTOS ANTES DE COLOCAR PARA DESINFETAR E QUANDO ESTA GRAVE PASSO CANESTEN QUE MELHORA MUITO INTERCALO ESTAS POMADAS MICOTICAS DE 03 EM 03 MESES

Anônimo disse...

Pessoal a desidrose, tem cura, uma amiga tinha desidrose da mais complicada que voces possam imaginar, ela se tratou com um extrato de ervas indigenas e uma pomada, feitos por indios poty, o extrato se chama extrato krenakore e a pomada se chama pomada krenakore, sao naturais e nao provoca reacoes adversas.

neste site abaixo, tem outras informacoes www.terapeutanaturalista.com.br

Ana Paula Ilha da Madeira Portugal.

Anônimo disse...

TENHO ESTA DOENÇA A VARIOS ANOS,FUI A VARIOS MEDICOS E SEMPRE A MESMA RESPOSTA E EMOCIONAL,LOUCO P/ LIVRAR DA COCEIRA USEI TUDO QUE ME ENSINAVAM,BOM TIVE UMA GRAVE INFEQUIÇAO,PERDI A PLANTA DOS PES,E FIQUEI MUITO TEMPO SEM ANDAR,VEJO PESSOAS RELATANDO SEUS METODOS DE CURA, PASSAM COM BOAS INTENÇOES ,A CURA E FERIAS,BUSCAR METODOS DE RELACHAMENTOS,BUSCAR O QUE TE ENCOMODA NAO APLIQUE METODOS OU USE REMEDIOS SEM ORIENTAÇOES MEDICAS,ME DEI MUIIIITO MAL

Sonia disse...

Oi nossa é um alivio ver que não sou a única
rsrsr
tenho desidrose tem uns quase 4 anos ja fui em vários dermatologistas usei montes de pomadas corticoides e tb creme a base de ureia tomo polaramine pra diminuir um pouco a coçeira mas é realmente td fundo emocional qualquer coisinha eu pioro
minha mão assusta as pessoas pq sangram os dedos as digitais sumiram. e os pés tb na sola chegam a sangrar e pra andar doi demais.
ja ando meio desgostosa com isso pq não vejo melhora as pomadas são paliativos que agora depois de um certo tempo nem estão mais ajudando. segundo os médicos é só "relaxar"
dificil né?

lessa disse...

É...sei bem o que todos estão passando. Já tenho isso desde 2004,(5 anos) período em que fiz mudanças radicais em minha vida(o que afetou muito meu emocional). Penso q todas as alternativas relacionadas à demartologia, descritas pelos nossos colegas, são válidas, mas infelizmente é só um tratamento paliativo. As pomadas e as outras sugestões servem sim para amenizar nosso sofrimento mas a raiz do problema mesmo é o emocional. No meu caso foi a somatização de problemas, ansiedades e estress que gerou essa doença psicossomática, a desidrose. Então pessoal, tive que tratar com um psiquiatra e tomar um ansiolítico (remédio controlado, vendido só com receita azul). Fiz 3 anos de terapia onde aprendi a gostar de mim, não ficar guardando nem remoendo as coisas ruins e tentar ser menos ansiosa, que é meu grande problema. Tudo isso a gente sabe e escuta toda hora, mas na prática a teoria é outra né....é difícil, não é fácil mas, é possível, acreditem.
AVISO IMPORTANTE: Não podemos ficar contrariados, essa é a grande verdade.
Tratem de relaxar e procurem fazer mais aquilo q gostam. Fiquem mais próximos de quem vcs gostam realmete (se é q é possivel né...) Quanto menos estrees, ansiedade e contrariedade tiverem, vão comprovar o que estou dizendo. Nada de ficar preocupado d+ com as coisas, tudo está aí pra acontecer mesmo, não adianta morrer de preocupação, só conseguimos sofrer antecipadamente e atrair essas doenças. As minhas estão diminuindo significativamente depois que passei a tomar estas atitudes em minha vida. Espero ter ajudado um pouco. Um abraço, sorte, paz, muita pazzz e sucesso no tratamento para todos nós!!!

Anônimo disse...

Sofri por 10 anos com desidrose espongiotica.rodei o mundo atras da cura, e sempre a mesma resposta...nao e virus, nao ha fungos..nao ha remedio apenas paliativo para vc nao achar que nao esta fazendo nada...
Ate que em Boston/usa, um medico
resolve fazer um teste comigo, e funcionou.
Hoje nao tenho mais isto.
ele descobriu que oque descadeava
esta alergia era o desequilibrio hormonal.Fez um teste para eu ficar sem menstruar por alguns meses, e, sarou.
Resultado: digamos que acidez do hormonio da menstruacao na corrente sanguinia era a minha alergia.
Fiz tratamento hormonal para este e hoje ja a 5 anos mais nada tenho.
Claro, contiuo nao usando havaianas ou qualquer otro sapato que nao seja de couro, afinal, e melhor prevenir...nao quero viver isto novamente.
Facam esta perguna a seus medicos, e pecam um exame hormonal, pois pessoas que conheco que tinham tambem deu certo, inclusive homens.

Laura

Anônimo disse...

Olá pessoal!!!
Tenho essa porcaria de bolhas d'água que pinicam e coçam e aparecem mais no verão. Depois de ler os posts, cheguei à conclusão d q se trata de desidrose. Isso me apareceu pela 1ª vez nos pés, numa época de muita chuva e pensei que fosse algum tipo de micose, logo depois se espalhou pelos dedos das mãos e quase fiquei louca de tanto coçar e estourar bolhas. Depois q estouro as bolhas a pele resseca na região. Elas desaparecem por um tempo e depois voltam. Neste momento estou tendo nova crise, meus dedos estão repletos de bolhas e coçando à bessa.
Me ajudem, por favor!!!

Elaine disse...

GENTE, EU PAREI DE TER AS INFERNAIS BOLHAS QUE ME ENLOUQUECIAM DE TANTO COÇAR!!!!!!!!!!!!!!
DESCOBRI PELA INTERNET UMA LOÇÃO FORMULADA POR UM MÉDICO EM PERNAMBUCO. O NOME É TOPIDRATE.
COMPREI O SHAMPOO E A LOÇÃO. LAVO MEUS PÉS C/ O SHAMPOO E PASSO A LOÇÃO À NOITE E PELA MANHÃ. AS FERIDAS CICATRIZARAM E TEM PELO MENOS 15 DIAS QUE NÃO SURGE NENHUMA BOLHA!!!!!
É SÓ TECLAR NO GOOGLE TOPIDRATE E SE INFORMAR SOBRE O PRODUTO QUE FOI FORMULADO PARA COMBATER PSORÍASE, MAS QUE DÁ SUPER CERTO C/ A DISIDROSE.
hOJE CONVERSEI C/ MEU ACUPUNTURISTA QUÉ TEM PSORÍASE E ELE DISSE QUE CONHECE A FORMULAÇÃO DO TOPIDRATE E QUE ACREDITA QUE SUA COMPOSIÇÃO QUE ENTRE OUTRAS SUBSTÂNCIAS NATURAIS COMO ÓLEO DE COPAÍBA, ALOE VERA ETC. TEM UMA SUBSTÂNCIA RETIRADA DA CANA-DE-ACÚCAR.
ESTOU A DISPOSIÇÃO PELO MEU E-MAIL PARA DAR TELEFONES DAS FARMÁCIAS, AQUI NO RJ, QUE VENDEM O PRODUTO.
ESTOU SUPER FELIZ, E QUE VOCÊS CONSIGAM OS MESMOS RESULTADOS QUE EU.
elainebento@oi.com.br

Anônimo disse...

Olá pessoal, ouvi dizer que pomada Minancora é boa para isso, realmente consta em suas indicações.

"Indicada para o tratamento de doenças de pele, como espinhas, desidroses, e escaras,  ainda coadjuvante no tratamento de picadas de insetos, urticárias, e pequenos cortes superficiais;"

Alguém já tentou? Resolveu?

rmarins disse...

Minha filha começou com a famosa desidrose há mais ou menos 2 anos. No início estranhei as tais bolhas e pensei que fosse alergia a algum material usado na escola. Resolvi ir ao dermatologista bem no meio de uma das crises (a mão dela estava cheia de bolhas, algumas estouradas e outras no início). O diagnostico foi desidrose e ela falou que isso é devido a fatores emocionais e indicou o uso de pasta d'água. Isso mesmo, a famosa pasta d'água que o pessoal usa para proteger a pele. Ela mandou que aplicasse antes de dormir até que as bolhas desaparecessem. O resultado foi imediato e alguns dias após as mãos já estavam limpas. Valeu a pena. É um produto barato, sem contra indicações e que resolveu o problema da minha filha.

Anônimo disse...

bom mesmo é deixar as mãos de molho numa mistura de água com permanganato de potássio, mais bem fraquinho,tipo 1/4 de comprimido em 2 litros de a´gua morna.é muito bom;ele é um ótimo fungicida, fazer isso 3 vezes ao dia por 10 minutos.

Anônimo disse...

Galera

Também tenho esse troço e hj eu resolvi dar um basta, fui na dermatologista ver do que se tratava e qual a solução. Ela disse: "É desidrose, não há solução". Fiquei incrédulo, ela falou que é causada pelo mesmo gene que causa a renite alérgica e outras alergias como a Asma e afins. Ou seja, é uma "alergia".

Disse ainda que o stress é a principal causa, mas me recomendou algumas coisas que poderiam auxiliar na melhora (caso vc não consiga relaxar e esquecer os problemas):
-Creme Advantam (passar nas bolhinhas quando surgirem por 5 a 7 dias) Faz com que elas sumam, mas voltam depois, deve ser conjugado com os demais métodos.
-Como eu tive também no mamilo direito, e acreditem a coceira fica 10X mais irresistivel (PQP), ela me recomendou somente usar roupas 100% algodão, ainda vou testar isso.
-Sabonetes de banho e para lavar a mão devem ser somente aqueles de glicerina, totalmente neutro, de maneira alguma usar aqueles com corantes e cheios de coisas.
-Evitar ao máximo coçar as bolhinhas (nesse ponto o creme ajuda).

Em resumo é isso galera, vou tentar ainda a homeopatia para relaxar. Abraços

freitas&freitaseventos disse...

Olá, pessoal... tenham paciência,o jeito é conviver com esse mal, afinal, a desidrose está relacionada ao stress, ao emocional abalado que diminui a imunidade do organismo e etc. etc.
Existem cremes e pomadas que ajudam a aliviar, ao menos a sensação de dor e coceira, mas que nada adiantam na cura. Há uns 6 anos convivo com a desidrose, que me ataca na lateral e planta dos pés e também nos dedos. Também estão associadas ao uso de calçados quentes e que não permitem a transpiração dos pés.
Bom, ao meu ver, o negócio é relaxar, evitar o stress, usar aquela pomadinha (recomendo dexametazona ou novacort)e andar descalço para relaxar os pés, ao menos funciona comigo.

Relaxem, pessoal, isto ainda é o melhor remédio!

Abraços, bye bye.

fernanda disse...

Eu descobri que tenho desidrose hj!
Essas bolinhas começaram a aparecer a alguns meses..primeiro no indicador,no começo achei que fosse herpes ja que tinha saido no mesmo tempo então pensei que tinha passado pro dedo te tanto eu mexer.Assim como a herpes ela desapareceu mas ai elas passaram a aparecer em épocas diferentes e qndo começou no dedão e no indicador eu não aguentei e fui na dermatologista hoje e então ela me disse que é essa tal desidrose...(e que não tem cura :/)segundo ela isso não é contagioso como a herpes,
mesmo assim eu fiquei meia desconfiada e resolvi procurar na net..foi ai q vi esse tanto de post.Agora to até mais tranquila pq pelo visto o meu caso é mais leve(e tomara q continue)...as bolinhas não estoram e tbm não sai pus e nem sangue.O que acontece é que os meus dedos ficam inchados,coçando, a pele parece que fica transparente e la dentro a gente vê um monte de bolinha de água,as vezes dói também...eu vou ver se passo a tal pomada(trok)pra ver se resolve!Eu fiquei meio bolada c esse anônimo que disse que era herpes, seria bom se a gente pudesse diferenciar um caso do outro, por que são muito parecidos.Enfim é isso ai, na dúvida vou confiar na dermatologista!

Thais disse...

Gente...
Não tem prazer maior q chegar em casa, tirar o calçado e dedicar uns 10 inutis a coçar o pé!Coçar, coçar...Se sangrar, não tem problema.Pelo menos vc está coçando.Aquela coceira insuportável q atormentou o dia todo....
Sabem bem do q estou falando, não é? hehehe

Brincadeiras a parte, na minha última consulta em busca da cura da tal "Disidrose" (grafia correta) discordei completamente da indicação da médica: fluxetina.Um anti depressivo pra quem tem TOC, Bulimia e afins....
Óbvio q não tomei!Já q eu não acredito q, no meu caso pelo menos, seja emocional.Estou em uma fase maravilhosa, só de satisfação, conquistas e alegrias, e a médica me receita um anti-depressivo, por "deduzir" q seja emocional o meu caso!
Resolvi então pesquisar outras opiniões por aki...
Achei aceitável a sugestão carne/limão (colocarei em prática, e depois posto se funcionou)
Mas muito bom também lembrar de algumas fórmulas clássicas (os lendários "polvilho granado" e "minancora"), que, de forma quase q inacreditável, resolvem uma enoooorme lista de problemas, mesmo q sem muita explicção científica...(aposto q são receitas de bruxas de séculos passados, e foram patenteados com esses nomes...kkkkk). Vale tentar!!

CM2200 disse...

Pois bem tenho os tais sintomas descritos ha uns 10 anos ou mais.
Meu historico é assim:
. No inicio o primeiro medico acreditando nao ser nada de mais, tvz so algum tipo de ressecamento das maos, recomendou usar creme hidratante varias vezes ao dia. Nao adiantou nada.
. O segundo medico (um dermatologista) disse ser disidrose, com as tais das possiveis causas como estres, contato com alguns tipos de plantas) e receitou a pomada diprosone uso topico. Nao adiantou tambem.
. O terceiro medico (dermatologista) disse que se o tratamento por fora nao esta adiantando, entao precisaria tratar por dentro. Poderia ser alguma alergia e me recomendou um antialergico.. CELESTAMINE/comprimido a base de corticoide. Ao primeiro sinal de as bolinhas vao surgir nas maos e tomava celestamine e ja em poucas horas se percebe o efeito do antialergico nas bolinhas que comecam a avermelhar e comecam a secar. Antialergico funciona mas para inibir. Se parar de tomar as bolinhas aparecem mesmo.
Ano passado, com maior conciencia dos males do uso de corticoides, comecei a pesquisar e passei a usar Quadriderm (achei bom mas nao curou), Fluconazol 150mg 2 comprimidos 1 por semana (fungicida). Parecia que tiinha surtido efeito de imediato. em 1 semana qdo minhas maos estavam com a pele ja quase restaurada, eis que as bolinhas surgiram de novo. Acentuei o uso da pomada quadriderm e tomei a 2a dose/comprimido de fluconazol e em cima tomei celestamine antialergico.. Agora vou ver o que resulta. Em sinceramente tenho serias duvidas sobre o fato disso ser emocional no meu caso, apesar de lidar com stress... afinal aonde existe uma vida sem stress atualmente??
O que consegui mapear ate o momento é o seguinte:
. Corticoides e antialergicos: Nao resolvem a causa raiz.
. Anti fungos (Fluconazol)... parecia ter dado bastante efeito no inicio, mas ainda nao estou convencido. Tvz seja cedo pois havia so iniciado o tratamento.
. Quadriderm (antifungo, antibiotico)... bom e sigo usando, mas ainda nao percebi a cura definitiva. E tem que usar sempre, e varias vezes ao dia essa pomada ou creme (eu prefiro creme pois a pomada parece que passou oleo nas maos).
. Babosa eu ja tentei e nao adiantou nada (tomei suco varias vezes ao dia durante 1 mes e nada). Passei nas maos varias vezes ao dia por 1 mes e nada tambem.
. No verao aparece muito mais que no inverno.
Fui pesquisar na internet e vejo que pode ser herpes, acido urico tambem.
Ninguem de voces fez alguma biopsia para ver exatamente do que se trata? Eu nunca fiz. Tvz precisamos comecar a mapear o que foi identificado nas biopsias... fungos, herpes, bacteria, micose, etc... Me parece que pelo menos precisamos eliminar algumas dar hipoteses e tentar resolver por eliminacao. Assim pelo meno poderiamos parar de atacar aquilo que nao poderia ser a causa.
Uma coincidencia que to vendo é que tem grupos definidos como o grupo dos que comecaram a ter o problema ha 10 anos aprox... aqueles que tem o problema a 20 anos.. etc... no meu caso nao tenho ceceira e aparece na planta dos pes bem pouquinho tb. Na palma das maos e ate mesmo parecendo que tao tentando ir para a lateral dos dedos tambem. mas nao coçam nada. No momento to achando que o negocio e Quadriderm varias vezes ao dia e antes de dormir.. se acordar de noite passar tambem. e ir torcendo para alguem um dia achar a cura.

Graziela Avelar disse...

Olha para todos que tem essa praga!!!consegui me curar disso não foi fácil mais hoje tenho o pé lisinho novamente.
Tratei com um comprimido chamado FLUCONAZOL ele é um antifungico que deve ser toamdo uma vez por mes, como meu caso era muito avançado o médico me receitou uma vez ao dia por 7 dias depois passei a tomar esse comprimidinho uma vez por mes; ainda para auxiliar o tratamento usava a pomada TOPIZON 2x por dia.
ESSE COMPRIMIDO PODE SER MANIPULADO pois cada um do original custa 10,50 reais.Esse tratamento foi tiro e quera estou curada agora, mas aindo tomo o comprimido uma vez por mes.

Qualquer dúvida ai vai meu email:
grzlrodrigues@hotmail.com

Simone disse...

Tenho 24 anos e tenho desidrose, desde que me conheço por gente. Tenho nas mãos e nos pés. Isso me incomoda muito, porque tenho 'pavor' de mostrar minhas mãos. A aparência é muito feia! Sai o coro, fica em carne viva, abre uns rachados que quando começa a cicatrizar começa a escamar a aparência é horrivel e sem dizer que tem dias que dói vinte e quatro horas. É ruim de fazer qualquer coisa porque tudo faz doer! Nos pés quase não abre, mas já tive umas crise bem feia nos pés! Nunca chega a sumir completamente! Sei que tem a ver com o estado emocional e vários outros fatores. Gostaria que alguém pudesse me sugerir um remédio, pois já tratei com muitos médicos e não obtive resultado.
Se puder me ajudar, envie um e-mail pra...
six@bol.com.br
Obriagada...

OBRAHMA disse...

Arlene disse..
leiammmm.atenção..tenho disidrose a mais ou menos um ano, fui em diversos médicos,ate que um descobriu disidrose me pediu para fazer um teste alérgico então fiz deu o resultado de alergia a parabenos mix(é um conservante que tem na maioria dos produtos em geral , leiam as embalagens estara escrito metylparaben, etylparaben etc) não usem encontrei a natura onde não contem esses conservantes mais existem os outras não conhecidas q tambem não tem, alimentos congelados tb não consumão e nem temperos (pimenta, maionese e mostarda).melhorou muito minhas crises demoram mais agora para aparecer.
Também uso uma pomada chamada diprogenta para as coceiras é muito boa...pesquisem na net parabenos irão ver que esta relacionado com a disidrose, no meu caso esta sendo alergia pelos alimentos..
email 927607@portaleniac.com.br

Mariana S.A. disse...

Tenho desidrose só ha cerca 4 anos. Nessa altura, em que aquele prurido chato me incomodava ainda por cima acompanhado de bolhas horrivei, fui ao dermatologista e ele falou.me nesta doença.
Disse-me que se agravava com o STRESS e o CALOR.
Quanto ao calor é de facto verdade, é principalmente à noite que ela me ataca...quando estou com as mãos (e agora os pés!!!!) muito quentes.
O stress é tambem relevante claro. Não sei como hei-de ultrapassar isto...com certeza tentando relaxar ne?

Cumprimemtos a todos!

CRF/SC disse...

Meus deusesssss....estou há mais de um ano com isso e essa última crise vem de unas 4 meses pra cá..mal sara uma começa outra...e aí fico estressada e se isso está ligado ao estress não vai sarar nunca. OK. Aceitei que não tem cura, mas preservo a esperança de um dia ter...mas estou na tentativa de amenizar os sintomas que realmente só quem tem para saber...

CM2200 disse...

Caros colegas, conforme escrevi ha algumas semanas, venho buscando a cura de minha disidrose por 10 anos ou mais. Depois de desistir de dermatologistas comecei a mapear os casos relatados na internet. No meu caso, Corticoides antihistaminicos (anti alergicos) faz secar e evita que aparececam novamente (ex. celestamine comprimido 2 a 3 vezes ao dia) mas se parar de tomar logo comeca tudo de novo. Desisti de corticoides antihistaminicos.
Faz Um mes commecei testar Fluconazol 150mg (anti fungico) 2 comprimidos sendo1 por semana. A primeira dose surtiu efeito e as bolhas sumiram. Qdo fui tomar o segundo comprimido, notyei q o efeito ja nao estava tao bom assim. Aumentei a dose para 1 vez ao dia e complementei com pomada Topizon... e Nada!
Um dia desses estava com as maos e pes bem feios, abri uma gaveta e achei uma antiga pomada .. acho que o nome era novaderm ou alguma coisa derm... notei que ao passa-la nas maos parecia dar efeito (bolinhas avermelham). Olhei a formulacao e vi que continha Cetoconazol... Lembrei de alguem que havia escrito sobre cetoconazol. Pesquizei e descobri que cetoconazol tambem é antifungico e que é efetivo contra uma serie de tipos de fungos. Fui na farmacia e comprei comprimidos de cetoconazol 200mg (caixinha com uns 30 comprimidos. Ja terminei a 1a cartela pois tenho tomado dois comprimidos de 200mg cada a noite. Uma la pelas 07:00PM e outra la pelas 10 da noite antes de dormir. Adicionalmente uma pomada Topizon
antes de dormir e de manha antes de ir trabalhar... Nada mais.
Faz 2 semanas e minhas maos e pes ja estao praticamente normais.
Acho que se sera realmente fungo no meu caso. O Cetoconazol (so cuidado se vc tiver algum problema de figado... dai achpo melhor consultar hepatologista antes) foi o antifungico que tem efeito sobre ele. Ate agora nao tinha talvez acertado o tipo de entifungico.. é isso que estou pensando agora.
Adicionalmente gostaria de comentar que vejo muitos com o problema da disidrose, mas eventualmente quem consegue a cura seria realmente importante divulgar a receita aos que ainda estao com o problema. Por isso, mesmo ainda tendo que esperar algum tempo ja estou fazendo isso.
Estou torcendo para que eu tenha acertado dessa vez.

Julia disse...

eu tenho desidrose nas mãos a alguns anos, ela vem e vai... Eu ja fui em mais de 7 medicos, e nenhum deles sabe alguma coisa que faça essa coçeira infernal parar!E quando esta atacada a unica coisa que diminue a coceira é gelo, por favor se alguem souber alguma coisa melhor me comunique, meu e-mail é: jujupinheiro_2@hotmail.com

Anônimo disse...

Alguem ja tentou deixar de molho as maos em agua bem quente (quase insuportavel) com sal? ... minha diarista recomendou e eu comecei a por as maos em agua bem quente e esfregar com sal por alguns minutos... depois lavar e passar creme(pomada) cimecort. tem melhorado bastante.

Anônimo disse...

Pessoal tenho, como já havia dito em depoimento anterior, tido muito sucesso com o uso de um produto chamado Topidrate.Meu e-mail é elainebento@oi.com.br.O produto foi desenvolvido por um médico em Pernambuco para Psoríase, mas, tem dado muito certo na eliminação da infernal coceira e diminuição das bolhas. Pode-se comprar o Topidrate na forma de shampoo, que utiliso para lavar os pés (onde tenho a disidrose), na forma de hidratante, super importante para combater o aspecto horrível do ressecamento da pele e existe tb uma loção.

Anônimo disse...

Olás! Tenho 26 anos, fibromialgia e disidrose há 6 anos. Fiz tratamento para a fibromialgia e fiquei boa, com leves crises em períodos de sedentarismo. Já a disidrose que só neste começo de ano descobri que era isso q eu tinha, nunca havia me incomodado tanto como neste últimos meses. Aparecem ALEATORIAMENTE nas laterais dos dedos das mãos, nas palmas, ao redor das unhas e no meu dedinho do pé esquerdo(este é bem específico!). Coça com aquela sensação de quente quando estão surgindo as bolinhas, se estourar então não dá pra não ficar sem coçar o local, depois seca e pode rachar. Nos primeiros dermatologistas que consultei, falaram em dermatite e receitaram pomadas para hidratar. Realmente os CREMES a base de URÉIA ajudam muito a melhorar o aspecto, mas nunca fizeram parar de aparecer as benditas bolinhas. Desde novembro passado, fiquei preocupada, pois as bolinhas no dedinho do pé pioraram e até agora (junho!) não sumiram, foi a pior crise! Confirmo tb que o EMOCIONAL não está lá grande coisa: sou muito organizada e ando com a sensação de perda de controle das situações (que tanto gosto), além de várias mudanças na vida e descontentamento com o trabalho.
Acho que o EMOCIONAL tem muito efeito sim! Fui atrás de outro dermatologista que não adiantou. Fui a uma ALERGOLOGISTA, com a qual estou fazendo tratamento de RINITE ALÉRGICA (tenho desde criança, mas havia abandonado o tratamento fazia tempo). Ela disse que a disidrose pode ser um quadro de RINITE NÃO TRATADA. Assim, fiz vários TESTES DE ALERGIA, pois pode minimizar a disidrose se vc cortar o contato com as suas FONTES DE ALERGIA. No meu caso, tenho alergia a NÍQUEL, BICROMATO DE POTÁSSIO, CLORETO DE COBALTO, PERFUME MIX, ÁCAROS,PENAS, TOMATE E LIMÃO, ou seja, estou tentando tirar os METAIS (bijuterias etc), PERFUMES (trocando por hipoalergênicos sem perfume) E OS ÁCAROS da minha vida por um tempo. Acho que é superválido se alguém tiver rinite procurar tratamento a longo prazo, pois só assim vai melhorar tudo mesmo. Ela recomendou para o caso do emocional tratamento homeopático, que comecei a fazer há um mês e já vejo uma melhora que não via desde ano passado. ESTOU OTIMISTA!!! E realmente acredito que precisamos relaxar mais! Preciso de descanso do computador!!!
Boa sorte a todos, paz para todos nós!
danyzhl@yahoo.com.br

ELAINE disse...

Venho tendo muito sucesso c/ o uso de um produto chamado TOPIDRATE. Pesquisando na internet cheguei a um site (psoriase on line) e enconteri a indicação desse produto p/ psoríase. Como estava desesperada c/ a coceira infernal, comprei o produto e obtive muito sucesso c/ a eliminação quase total da coceira e diminuição significativa das bolhas. O produto foi desenvolvido por um médico em Pernambuco e é feito a base de ativos retirados da cana-de-acúcar. Passo o shampoo nos pés e deixo por uma meia hora. Depois lavo os pés, seco bem e passo o hidratante. Vocês podem pesquisar sobre o produto buscando pelo nome TOPIDRATE no Google.
Mais recentemente tenho usado um sabonete líquido a base de CLOREXIDINE, que é um antisséptico muito usado em hospitais. Voocês conseguirão comprar em lojas de material médico. Estou praticamante sem bolhas há algum tempo e o aspecto da pele dos pés melhorou muito. Espero que vocês tenham sucesso.
Boa sorte e quem resolver experimentar, escreva para sabermos dos resultados.

Anne disse...

Descobri a pouco tempo que tenho disidrose e por enquanto somente na mão direita (a que eu mais uso).
Estou controlando com aceponato de metilprednisolona 1mg/g com hidratante de manipulação bem forte, tudo sob indicação médica, pelo menos agora não está ferido e nem sangrando, somente vermelho, e também não tenho mais digitais.

patrícia disse...

é muito triste para mim, diante de tantos depoimentos , saber q essa maldita desidrose não têm cura...há um ano exatamente eu fui ao terceiro dermatologista em uma clínica que eu trabalhava, e ouvi que eu tinha essa doença...ele me passou um tratamento paliativo, que me ajudou bastante, mas me disse tb que meu emocional deveria sempre estar contolado.Para dar uma aliviada e uma boa hidratação nas mãos de meus caros colegas, vou enviar a receita emoliente que ele me passou:Faça na manipulação essa fórmula em creme= uréia15%,lactato de amônio 12%, óleo de semente de uva 10%, óleo de macadâmia 10%, lanolina 3%, Alantoína 3%, clobetasol 0,05% + creme 80g. É uma bomba de hidratação, a mão fica suavizada e com um aspecto muito melhor.Eu já estou na quarto frasco e me auxilia muito.Lido com as mãos que cuidam e curam:sou Enfermeira.

lucilene disse...

Oi gente ..vcs podem ate achar estranho mas estou tao feliz de saber que nao sou a unica no mundo..rsss..ja sofri tanto com minhas coceiras que pensei que fosse ter um ataque de tanto que coçava e depois de algum tempo acabei por descobrir que com certeza é emocional...passei por um momento horrivel coma doença da minha mae e ao mesmo tempo com a desidrose..minhas maos e pes ficaram completamente em carne viva ..depois de um ano do falecimento da minha mae estou conseguindo me acalmar agora e assim aliviar essa coceira terivel..nao tem remedio que alivie a nao ser a nossa cabeça no lugar mesmo..relaxar é o melhor remedio o resto e so paliativo mesmo..sorte a todos e muita paciencia

Gisely disse...

Minha filha tb tem isso, e percebemos q sempre é desencadeado por fatores emocionais. Mas desde que começou a usar homeopatia e fazer terapia tem estagnado a desidrose. Já que cura não tem, o mais eficaz é buscar maneiras de conviver da melhor forma...
Só de encontrar tanta gente com isso, já me senti mais aliviada por ser tão comum.
Grande abraço a todos!

JULLYKAT disse...

hum.eu tambem tenho.o nome disso é escabiose....e desencadeia geralmente quando estamos estressados......o remedio que uso quando aparece é escabim ou dexametazona creme ou soluçao oral.

Cla452 disse...

JullyKat, acho que você se equivocou. Escabiose (vulgo sarna) não apresenta bolhas como a desidrose.

Carlos disse...

Olha gente da Desidrose, eu também tenho e eu tomo Prelone 20mg em comprimidos o componente é o (prednisolona)é muito bom lívia bastante e dura bastante tempo este remédio faz secar todas as bolhas e a pele sêca saí tudo a péle volta ao normal, é do láboratorio achê. A última vez que me saiu foi em jan/09 e já faz oito meses que não aparece. Não estou tomando por conta ele foi receitado por minha médica Drª Fernanda(dermatologista) eu já tenho a desidrose a mais de 10 anos e foi somente este remédio que está resolvento no momento, um abraço a todos, se quizerem entrar em contato comigo meu e-mail é carlosbele@gmail.com

Anônimo disse...

vc precisa corta carnes vermelhas,tomar bastante limonada e passa diprosone ok!!!!!!!!!

Samantha disse...

Também tenho desidrose e quem diagnosticou foi a minha psiquiatra. Será que ela tá acostumada?? Sim.. Parece algo especificamente emocional. Noto que quando estou ansiosa ou estressada, as bolinhas aparecem. E coça demais!! Na lateral dos pés e nos dedos indicadores das mãos.. A saída é "relaxar". Senão não para de coçar.

Anônimo disse...

Tem gente confundindo herpes com desidrose. Acredito que não tem cura. O meu sempre aparece quando o tempo esta quente ou quando lavo as mãos com produtos como detergente e sabão, mas não é tão grave.

Anônimo disse...

Mais uma para participar desta corrente.desidrose ou disidrose? o certo é que isso pareçe um castigo só quem a tem sabe como é difícil conviver com essa realidade tão horrível, usei pomadas e cremes diversos, algumas vezes parecia que tudo estava normalizando e a felicidade me invadia e aquela enorme alegria de viver, mas a alegria durava pouco e estava lá tudo novamente, coçando, bolhinhas de líquido viscoso, que quando são rompidas, descamam, ardem, doem, fica a pele com uma aparência terrível, a pele fica tão ressecada que fica dura,quando aperto dá a impressão que está cheio de líquido dentro, e também as unhas(pés) ficaram amarelas e soltando da pele.Estou usando uns medicamentos passados pelo médico, se der resultado(espero em Deus)avisarei a todos. BJs....para todos.

Fatima disse...

Tenho desidrose há 5 anos, que apareceu quando me mudei de cidade e estava com o sistema emocional abalado. Todos os médicos que consultei dizem que não existe cura.
Fiz também um teste de alergia onde o resultado mostrou que sou alérgica à várias substâncias.
Já fiz por duas vezes aqueles exames micológicos em que raspam o pozinho das lesões para ver se têm fungos, e os resultados deram negativos.
O quadro melhora quando não estou estressada nem ansiosa (difícil nos dias de hoje, né?).
A solução que encontrei depois de consultar vários médicos é manter as lesões sempre hidratadas com o uso de cremes antialérgicos e evitar ao máximo o contato direto com sabões, detergentes e outros agentes que irritam a pele, que dirá quando já totalmente irritadas pela desidrose.
Até o shampoo e o condicionador irritam minhas mãos. Quando acabo de tomar banho, lavo as mãos novamente com sabonete anti-alérgico e passo creme hidratante anti-alérgico, é o que alivia.
Para lavar louças, roupas, cachorro, etc, uso luvas de algodão e de látex por cima da primeira.
Conclusão: há mil e um paleativos, mas ainda espero a cura definitiva!
Saúde e melhoras a todos
fatimacdmachado@gmail.com

maria disse...

tenho ha 3 anos, começou com uma dermatite de contato (um anel) e como comecei a coçar, se espalhou para o dedo do lado e a palma da mão.. voltei ao tratamento homeopático essa semana, mas estou extremamente desapontada de descobrir aqui que não tem cura.. a minha mão já chegou ao ponto de estar completamente sem nada, várias vezes, mas sempre volta.. o pior é a coceira infernal, um esfoço não coçar, mas quando consigo em 3 dias já vejo a diferença muito bem..
é muito ruim as pessoas perguntando o que é, a mão muito feia... mas estou confiante de que dessa vez eu consigo, por pelo menos um longo período, afastar a desidrose

Anônimo disse...

Janaína

Pessoal, não chamen de praga, tenho desde pequena, a minha não coça não dói, apenas ficam aquelas bolinhas hehehe e podem acreditar são muitas, apesar das pessoas hoje em dia dizerem que não tem nada haver com o suor, tem sim, ela pode aparecer por fundo nervoso, e também por usar luva cirurgica entre outros motivos, mas não é nada grave, é só manter as mãos sempre bem higienizadas e usar dexametazona pomada!!!
Bjs

Anônimo disse...

Eu sempre tive pequenas bolhas nas pontas dos dedos próximo das unhas, mas eram muito poucas, imperceptíveis e quase nunca coçavam, pela segunda vez este ano tive uma consequência bem maior, minhas mãos estão cheias destas bolhas q são bem maiores q as anteriores, coçam muito e os dedos estão inchados, no meu caso não apareceram na palma da mão e sim na parte de cima da mão e nos dedos, laterais e em cima, não ligo pela feiura das minhas mãos, mas não suporto a coçeira, dá vontade de arrancar a pele :( tbem descobri q é emocional, como da primeira vez, vou tomar antibióticos, tentar controlar o emocional e esta vontade louca de coçar... como era bom qdo apareciam somente aquelas pequenas e esparças bolinhas!!!!

Laís disse...

eu tambem tenho desidrose na mão direita é o cão chupandu a manga...o bom é que não passa...mas é uma doença crônica desde o ano passado sofria com essa bodta e não sabia pensei q fosse micose...kkk
fala serio a coceira é o cão do inferno de boa kkkk...
sabem o que é bom???
lavar as mãos com sabonete, depois matar as bactérias com água boricada e por fim passar 2x ao dia diprogeterona em pomada ou creme... espero q eu ajude vcs...

Laís disse...

Kátia "20 de outubro e pôlo 15 de outubro"

concordo plenamente com vcs...
minha dermatologista me deu 2 dias para fazer o tratamento...e olha...adiantou... mas q a coceira é do inferno...isso ela é...kkkk
mas vamos comecar a sermos menos estressados...quem sabe nao pasa né...
melhoras...

Karine disse...

Boa Tarde Pessoal!
Eu descobri que tenho desidrose, na última sexta - Feira. Saí do consultorio da minha dermatolgista, muito nervosa, não conseguia parar de chorar! E pra minha surpresa, passei o fim de semana todo com as mãos em carne viva praticamente!
Estou bem perdida, pois ja usei muitas coisas e nenhuma resolveu. A dermatologista me disse, que não há uma causa certa para a desidrose, mas que estudam comprovam que o indice maior de desidrose, aparece em quem transpira muito, e eu por coincidência tenho HIPERHIDROSE, que é uma Glândula que faz com que eu transpire em excesso. Só sei que terei que conviver com com essas duas ''doenças'' de forma harmônica.
Mas o que me conforta, é saber que tem mais pessoas com passando pela mesma coisa que eu, e que estão aí vivendo sua vida, de forma normal.
Abraços à todos

Anônimo disse...

olá pessoal! já tive desidrose de ficar sem as digitais - e agora vez ou outra tenho as bolhinha nos dedos. mas sempre sem coceira.
pois o tratamento que me devolveu as digitais foi com a Homeopatia Waldemiro Pereira: DIURENIL e DRENALIS, e uma pomadinha de CALÊNDULA. Dois meses e acabou o problema dos dedos rachados, há cerca de 20 anos. Só agora descobri que as bolinhas fazem parte do mesmo problema.
sorte aos portadores de bolhinhas!
Cris

Anônimo disse...

O meu problema, pelo que vejo dos comentários, não é desidrose.
Realmente nunca fui ao médico pra saber o que é, pois nunca considerei muito sério.
O que me acontece é que todo o verão (todo mesmo, sem exceção) meus pés começam a dar bolhas. Umas pequenas, outras maiores. Dá entre os dedos, nas laterais dos pés e nas solas. Depois, mesmo q eu não as estoure, elas estouram e começam a descascar muito. Não preciso nem dizer que aspecto feio fica, né? Morro de vergonha de usar sandálias. O que mais me encabula é que é apenas no período de calor. No inverno meu pé fica lindo, lisinho. Adoro inverno! hehehehe.

Agora, um fato interessante. Morei por 4 anos e meio no Pará, aquela terra quentíssima! Pois bem. Lá, me lembro que quando eu tinha uns 15 anos (tenho 29), apareceram no meu bumbum diversos machucadinhos que coçaram horrores e doeram muito, também. Demorou um tempo pra passar. Passou, e graças a Deus não deixou manchas, nem muito menos voltou. Usei um produto, chama Pasta D'água - Creme.
Não me lembro de me ocorrerem essas bolhas seguidas de escamação nos pés, quando morava lá.

Muito estranho o que me acontece. Não sei porquê.
Sei que é meu erro não procurar um especialista pra saber mas, acabo me acomodando, pq meu incômodo é mais estético mesmo.
Alguém sabe o que possa ser o meu problema?

Sinto muito pelos problemas de todos que comentaram. Imagino o quão ruim e difícil é isso!

Abraço a todos!

Marianne Suely disse...

Tenho desidrose há uns 10 anos também. Todo mundo fala do emocional, mas nesse momento da minha vida estou super bem, feliz, sem grandes problemas e as bolinhas infestaram novamente minha mão. Perecebo que elas aparecem e pioram muito com o calor. Se coloco minhas mãos em água gelada, elas murcham... se estou em ambiente com ar condicionado, elas murcham também. Saio pro calor ou transpiro e elas pioram muito! É um desespero... Eu uso uma pomada que se chama Icaden, ameniza, mas não resolve. Sinceramente, não consigo me conformar de que não há causa definida e nem solução...

Anônimo disse...

Já houvi dizer que a desidrose é emocional, mas, que é um fungo (fungos aparecem quando a imunidade diminui, e a imunidade tem tudo a ver com o emocional...), e minha podóloga, me ensinou um chá para fungos, e que não custa tentar fazer...
O chá é feito da seguinte forma:
Ferver em um litro de água:
4 folhas de louro
1 raíz de gengibre
8 cravos da índia
1 galho de alecrim
Colocar os pés ou as mãos de molho com a água o mais quente que conseguir aguentar, dixar até esfriar, secar bem com toalha e em seguida secador de cabelo no FRIO, repetir diariamente, por uns 07 dias, ou até que for necessário...
Tentem, para mim resolveu...
Fiquem com Deus...

Giuliana disse...

Estou com esta tal de desidrose e adorei os comentários...
Minha médica me indicou uma pomadinha e tomar cefalexina...estou amamentando.
Pelos comentários vejo que não tem cura ou remédios milagrosos né...é só esperar passar o stress, não é isso??

Ferny Desai disse...

Olá pessoal, eu acabei de descobrir o nome dessa doença e eu também faço parte do club, bem como minha mãe, ou seja, acho que é hereditário. Não sabia que tem fundo emocional, além de tem a ver com rinite e bronquite. Já tive essas "ites" no passado e às vezes elas são recorrentes, como a tal da Disidrose. Também acho que a alimentação tem a ver, pois minha mãe sempre tem quando come frutas ácidas, e eu aumentei o consumo de suco de laranja e apareceu. Acho que é tudo junto e se não tem cura, o melhor mesmo é prevenir. Vou procurar tratamento homeopático, adoro homeopatia e acho que realmente cura. Abraço a todos e boa sorte.

Anônimo disse...

Acho que tenho desidrose a cerca de 12 ou 15 anos. No começo eu tinhas as bolhas principalmente no dedão dos dois pés e das mãos. Após as bolhas se romperem vinham as rachaduras, as coçeiras (insuportáveis) e as feridas... Ultimamente, quando a doença retorna, tenho apenas no pé esquerdo e as vezes no dedão da mão esquerda! Sou biólogo e o pouco que pesquisei a respeito (mas não sou especialista em fungos) a provável causa é um fungo. Os fungos de modo geral são micro-organismos que se manifestam quando estamos com baixa imunidade. Este é outro fator que já percebi: stress é sinal de bolhas!! Portanto, creio que está doença seja multicausal. Devemos levar em conta também que as alergias parecem ser mais comuns hoje em dia devido ao aumento da exposição a uma diversidade de produtos químicos em nosso dia a dia. Não sei qual o tratamento mais eficaz, mas penso que essa seja a explicação básica para esta doença.

Anna disse...

Tive esse problema há mais ou menos cinco anos atrás. Os remédios que tomei naquela época não funcionaram. Consegui resolver o problema com uma flor que eu comecei a passar nas mãos. Esse ano voltou e só agora eu descobri que isso é disidrose. Fui ao médico e ele receitou os medicamentos mas até agora não consegui me livrar disso e parece que dessa vez não quer sarar. O pior é que coça muito.
É bom saber que tantas pessoas tem esse mesmo problema para compartilhar informações.
Boa sorte a todos!

silvana disse...

OI
GENTE,descobri a um mes que tenho
desidrose,quase entrei em panico .
Mas agora pude ver q não estou sozinha ,muitas pessoas tem ,assim como eu nos dois pes e um pouquinho na mão direita.
Quem puder me enviar um conforto ,ficarei muito grata pois fiquei assustada quando descobri isso. bjus
a todos.
e-mail...sillvana88@hotmail.com

Anônimo disse...

OI GENTE DESCOBRI Q TENHO DESIDROSE A UM MES E ESTOU DESESPERADA QUEM PODE ME AJUDAR?
BJUS A TODOS

Gisllane disse...

Olá a todos! Peço que leiam meu caso, e quem se identificar com o mesmo peço que me add para trocar-mos mais informações a respeito e juntos(as) tentar resolver esse terrível problema que afeta nossas vidas!

Desde que me entendo de gente que tenho esse problema tanto nos pés como na palma das mãos. Pra piorar mais ainda minha situação sofro com uma micose nas unhas que não saram nunca! Já fiz vários tratamentos e nada deu resultado. Hoje com 30 anos, estou com as todas as minhas unhas dos pés e das mãos infectadas, é um horror, sem contar com os pés e as mãos despelando. Só Deus sabe o quanto padeço desse terrível mal. Quando tinha 23 anos, fui a uma dermatologista, que disse que o problema da descamação da sola dos pés e das mãos não tem cura, por ser de fundo emocional.(Parece que todos os dermatologistas desse mundo falam a mesma língua). Disse que vou ter que conviver com isso pra sempre, e passou pra eu usar um creme chamado "PSOREX", aliviou um pouco, mais não sarou e sempre voltava, sem contar que uma caixa ia embora em menos de uma semana. Já contra as micoses das unhas ela disse que se tratava de um fungo, "LEVEDURA". Passou pra eu usar um spray contra micoses(não lembro mais do nome do medicamento, só do genérico-"TIOCONAZOL") nas unhas e ter toda a higiene e cuidados com elas, que era coisa de 1 a 2 anos de tratamento, pois as unhas demoram a crescer e os resultados também! Mais que eu ficaria curada, era só ter paciência e seguir a risca todo o tratamento. Porém, isso custa muito, mais muito caro, vocês não tem nem idéia. E logo de cara abandonei o tratamento, sem ter nenhum resultado! Hoje me vejo aos 30 anos, com os mesmos problemas de uma vida toda, sem nenhum resultado e com a esperança de que um dia haja algum tratamento contra a disidrose e as micoses das unhas! Estou tentando me curar das micoses com um creme chamado "CETOCONAZOL",(só não uso oral pois ainda amamento) uso ele direto tanto nas palmas das mãos e dos pés, como nas unhas, pois ele combate o fungo da "LEVEDURA". Nas unhas já percebo uma pequena mudança, pouca, mais já percebo, quanto nas mãos e nos pés as mudanças não são satisfatórias, pois sempre volta a descamar, mais estou confiante que pelo menos as unhas vou poder curar, e se o caso das mãos e dos pés forem também micoses por conta das unhas, espero que também consiga curar-me!
Se alguém tiver se identificado com o mesmo problema que o meu, aqui vai o meu enderço de e-mail: gisllane_brito@hotmail.com

Pra quem quiser conversar sobre esse assunto. Espero que possa ter ajudado a alguém de certa forma. Obrigada a todos e boa sorte também a todos nessa luta!

Gisllane!

Anônimo disse...

Tenho Desidrose faz uns seis meses, e apenas betametasona comprimido ajuda resolver, só que as bolhas apareceram apenas no começo..depois apenas ressecam e escamam...se alguem puder ajudar,,fale comigo,,,jcarlosmiranda2@hotmail.com abraçao!!

Anônimo disse...

Olá pessoal

Creio que o comentário do (Anônimo biólogo) é o mais acertado sobre a avaliação da desidrose.
Não se trata apenas ao quadro "psicológico" do indivíduo e sim ao estado de saúde geral dele , isto é,fungos,renites,psoríases, e tantos outros males estão associados a baixa imunidade , e esta pode ser ocasionada por excesso de trabalho , problemas emocionais bem como o mal do século que é o stress !
Por isto , creio que temos que apenas 'driblar' alguns destes males .Cada caso é um caso , mas para mim que convivo com excesso de trabalho , tento fortalecer o organismo com vit.C (1g,ou Pycnogenol, periodicamente,produtos apenas integrais,(arroz,farinha,grãos,etc...Ainda assim no verão com a sudorese maior , a maledeta desidrose volta ! Como tento à princípio usar produtos apenas tópicos , a noite antes de dormir uso a pomada minancora, intercalando com o creme de Alface Brilhante ,(é bem antigo)mas é altamente hidratante , melhor usar uma luva para intensificar a ação do creme . Se estiver muito "atacado" use o creme durante o dia também , é muito bom , embora meleca a pele . Existem outros cremes a base de uréia como Hidrapil 10% ureia , mas este não testei ainda.O uso da babosa misturada com óleo de copaíba pode ser muito bom , mas como o creme de alface é mais fácil tenho usado ele .
Abs
Lena
(lenih40@yahoo.com.br)

Necrópole disse...

Olá, tinha desidrose nas mãos desde muito pequena. Durante muitos anos tratei com cremes que apenas suavizavam o problema, mas nada que resolvesse definitivamente. Nunca associei a desidrose a problemas emocionais, pois no meu caso ela era quase constante. A minha desidrose foi curada indiretamente quando fiz uma cirurgia para cessar o suor das mãos. Com a falta de umidade na mão, o problema sumiu. Quando a minha mão sua hoje em dia (fato raro), às vezes sinais de desidrose reaparecem, mas de forma muito branda. Espero ter ajudado.

Abraços a todos.

Júlia

Bianca disse...

Tenho desidrose já há 7 anos... Tenho 19 atualmente, então quando começou eu era bem pequena e minha mãe achava que era micose, por eu não me enxugar direito. Isso a fez me levar em dermatologistas várias vezes até que passou a ser unânime a resposta deles: "Sua filha tem desidrose". Então comecei a reparar mais quando isso acontecia, quando ficava pior... Vou contar à vocês quais foram as minhas observações até hoje:
- Sempre que eu uso sapatos fechados por muito tempo durante o dia, que o pé começa a suar, a desidrose piora e passo a noite com o pé coçando.
- Em periodos de estresse maior (periodos de prova, brigas com namorado, familia, etc), ela piora.
- No calor ela piora.
- Na TPM também.
- Se fico com o pé sujo por muito tempo também piora.
E minhas medidas profiláticas são variadas, pois dependem do lugar onde me encontro. Atualmente, estou com a desidrose um pouco sobre controle.
- Normalmente o pé coça à noite (porque durante o dia eu fiz algo de errado), entao passo uma pomada noturna recomendada por um determatologista (feita especialmente para mim).
- Procuro arrancar as pelinhas que ficam soltando, porque assim elas não enroscam no lençol e não fazem o pé coçar.
- Ando muito descalça em casa, porque o pé fica fresco e parece que ameniza.
- Quando tinha crises muito fortes de coceira, colocava gelo, amenizava bem.
- Encontrei uma cabeleireira que cuida do meu pé de uma forma que não o machuca e ele fica sem coçar por alguns dias (mesmo eu fazendo tudo o que sei que não posso).
- Quando não estou com o meu creme, passo outro para amenizar um pouco.
- Deixo sempre o pé respirar bastante.
Agora só me lembro dessas coisas. Tenho desidrose em todas as solas (pé e mão), mas por cuidar deles assim, a unica que apresenta sintoma é a do pé esquerdo... Curiosidade: lendo o comentário das outras pessoas, notei que na maioria delas, o pé esquerdo é o que apresenta maior irritãção. Alguem saberia explicar por quê?
Bjinhosss

Paula disse...

Eu começei a ter desidrose quando começei a faculdade de artes, e começei a pintar com tinta óleo e usar solventes,isso já faz uns6 anos, foi aí que apareceu pela primeira vez a maldita, só que o curioso é que só aparece no verão, fim de novembro aparecem as primeiras bolhas,em abril começam a fechar as feridas, moro no RS entaõ o frio dura de maio À outubro o q me salva da desidrose por um tempo, confirmei q o problema é o calor pq o ano passado fui para o norte dos estados unidos (muito frio) no que seria o verão daqui e nem sinal das bolhinhas por lah, mas agora nao sei o que faço, não acho q seja emocional, quero uma solução pra isso, to ficando sem digitais d novo! :(

Paula disse...

Ah, não estourem as bolinhas por mais tentação q se tenha, eu estourei num dia e no outro elas se multiplicaram por 3 na região! tenho qse certeza que isso é um fungo e é contagioso ao contato com o líquido das vesículas, digo por experiência mesmo, pq os médicos não dizem coisa com coisa...

spintol disse...

Amigos,

também sofro com este mau e também passei por alguns dermatologistas. Mas o que vemos é só efeito de algumas causas, que já foram aqui comentadas, como stress, meias e sapatos inadequados, problemas emocionais e outros.
No meu caso, descobri que o aparecimento dessas bolinhas, somente nos pés (direito e esquerdo, na sola, no dedo e no lado), mas de uma maneira violenta e com muitas bolhas, se deve a disfunção do rim ou do fígado. Então, descobri que alguns alimentos sozinhos ou combinados com outros, faziam aparecer as bolhas. Por exemplo, eu tinha como hábito comer muzzarela todos os dias no café da manhã, parei e as bolhas sumiram. Outro exemplo, não posso comer chocolate, sorvete, na mesma refeição ou freqüentemente, com outros alimentos que contenham gorduras (frituras, pizza, etc), pois esses alimentos são gordurosos e sobrecarregam o organismo, gerando a auto intoxicação e a conseqüente desidrose, que é a válvula de escape do organismo.
Bom... só falei de problema, mas a solução que aplico é:
- evitar alimentos gordurosos
- evitar comer esses alimentos frequentemente ou rotineiramente
- Faço sauna para ajudar o organismo a eliminar as toxinas
- Me trato com remédio homeopático
- Evito o desequilibrio emocional

Espero que tenha conseguido dar outro enfoque sobre esse problema e que possa servir de investigação para o seu problema, pois somente quando a real causa é encontrada, e´que a doença é curada.
Um abraço.

Anônimo disse...

Olá gente!
Vivo com esse problema também e evito comer carnes vermelhas.Para equilibrar a acidez do sangue tomo 1 colher de chá de vinagre de maçã em um copo d'água - em jejum - todos os dias. Também uso a mesma medida de água com vinagre após o banho, para enxaguar os pés.
Abraço a todos e espero que minha dica os ajude.

Anônimo disse...

Olá! Eu tenho essas coisinhas que vocês chamam de desidrose.
Pra mim o nome correto é "Putz troço chato e feio!", e convivo com isso há alguns anos. Na semana passada veio com tudo nas mãos e nos pés. Tentei várias coisas mas o que resolve mesmo é estourar tudo até sair a pele e esperar cicatrizar. Pra mim é melhor, porque é mais rápido. Vai ficar ainda mais feito e chato, mas resolve, rsrsrs...

Karine disse...

Também sofri muito disso, mas hoje, descobri um método de "driblar" a situação. Hoje, não tenho maiores problemas com as "bolinhas", por isso, vou informar para o pessoal minha situação desde o início e como contornei:

Quando apareceram? A desidrose começou a aparecer em setembro de 2006 com picos em dezembro e janeiro de 2007. Aqui no RS, onde moro, essa época é quente e abafada. Além disso, estava bem nervosa com meu trabalho, na época. Stress total.

Quando amenizaram? Em setembro de 2008. Dessa data pra cá, foi diminuindo bruscamente. Hoje, se sai uma bolinha é de vez em quando e cura em 2 dias quando passo um óleo essencial (não é essência aromatizante, somente algumas marcas trabalham com óleo essencial legítimo, mais adiante comento).

Quando retornam? Para não dizer que não retornaram, deu uma bolinha no início de novembro de 2009 (estou muito bem psicologicamente, mas a estação do ano aqui no sul é que não ajuda: chuva e mais de 30ºC de temperatura, ou seja, abafado), e curou em 2 dias, nem chegou a sair aquele líquido.

Possíveis causas: Não sei dizer se é hereditário, mas minha mãe sempre teve isso. Não moro na mesma casa que ela, então está descartada a possibilidade de ter usado algum sapato dela ou coisa assim. Verifiquei que o período em que mais atacou essa dermatite foi em uma fase de minha vida em que estava muito nervosa e estressada. No momento em que fiquei mais calma, tentei controlar minha mente, tentar não me incomodar e levar uma vida mais na "Light", é que as bolinhas sumiram. Acredito que a temperatura ambiente também interfere. Se manifesta mais no verão.

Tratamento que utilizei: Sou Téc. Química e fiz um curso sobre Óleos Essenciais pela Associação Brasileira de Química no auditório do Conselho Regional de Química 5ª Região, aqui no RS, Porto Alegre. No curso, vi o modo de extração e aplicação destes óleos. Foram mostrados os resultados de análises quantitativas desses óleos e comprovaram que eles têm quantidades significativas de componentes químicos encontrados em medicamentos sintéticos. Bom, tem um óleo em especial, "o Óleo Essencial de Palmarosa" que tem propriedade cicatrizante. Para utilizá-lo, coloquei uma ampola de 2 mL de óleo essencial de palmarosa em um vidrinho de 100 mL de óleo de amêndoas (sem perfume, de preferência). Qualquer óleo essencial que for passar no corpo para uso tópico, se dissolve em óleo de amêndoas (que é chamado de fase carreadora). Incrível os resultados. Em 2 dias a bolinha que começou a aparecer some ou seca (lembrando que essa média de tempo é para mim, cada organismo reage de um jeito). Tentei usar todos os cremes possíveis indicados por minha dermatologista (que por sinal foi bem atenciosa) mas nada resolveu tanto quanto esse óleo de palmarosa.

Onde encontrar o Óleo de Palmarosa: Geralmente farmácias de manipulação tem. Mas cuidado: DEVE estar escrito no rótulo as duas palavras "Óleo Essencial". Muitas farmácias aqui do sul já tentaram me vender "essência" ou "essencial" como "óleo essencial" mas não é a mesma coisa. Os óleos essenciais não possuem essência ou perfume nem propilenoglicol em sua formulação. As essências falsas servem apenas para aromatizar ambientes, funcionando como simples perfume para o ar.
Não tendo a intenção de fazer propaganda mas sim de indentificar os óleos essenciais verdadeiros, vou citar algumas marcas confiáveis: BioEssência, Quinari, Verbhena...

Bom pessoal, era isso, lembrando que postei esse comentário com caráter informativo e sempre antes de aplicar qualquer produto faça um teste em uma pequena região da pele e espere até o outro dia para ver se há alguma reação alérgica. SEMPRE consulte seu médico ou dermatologista sobre o conhecimento que ele tem em torno da terapia que vc pretende aplicar.

Um abração!

Keila disse...

olá!!
Eu já sofri muito com isso, desde os meus onze anos (quando menstruei pela primeira vez) tenho essa doencinha...
Bem, só há doi anos descobri uma pomadinha ótima que fez com que eu não mais tivesse manifestação de disidrose. A pomada é de Uréia e Calêndula é cicatrizante e já melhora logo quando sinto minhas digitais ficarem ásperas, sinal que precede as bolhinhas de água...
Um abraço.

Anônimo disse...

Sempre tive problema de Eczema mas era em um ou dois dedos e do nada agora que estou com 20 anos me aparece um monte de bolhas nas mãos e algumas nos pés em pouco tempo elas cresceram e estouraram e minha mão ficou inchada e totalmente vermelha ...uma tristeza... A dermatologista falou que era desidrose, que não tinha cura, mas que eu podia controlar se eu procurasse viver menos estressada...quando ela aparece eu tomo um tal de desalex, 1 ou 2 por dia, e uso uma pomada, Diprogenta creme que alivia bastante.

bea disse...

Pois é... quando pensamos que já vimos tudo, aparecem estes misterios.... e coisa mais desconfortável. Acredito que seja realmente de fundo emocional, porque em mim apareceu apos a passagem de minha mãe. Estou me tratando com floral de bach e para superar a coceira coloco Iodo. Acredito que não será eterno.

Elaine disse...

olá pessoas, como todos vcs eu também tenho essa maldita que eu creio que um dia irei achar a cura.
Não sei se é emocional, pois levo a vida de um maneira bem light e mesmo assim tenho isso. Há um tempo atrás tive na mão e fiz tanta coisa que sarou, depois de uns dez anos, agora tenho no pé esquerdo que já está horrivel, quando fiz exames para saber que tipo de alergia seria, não deu nada e o médico para me confortar me disse que ele também tinha e que isso é hereditário é DNA não tem cura já usei váriois tipos de pomadas e nada adianta, até melhora um pouco mas não resolve totalmente o que alivia um pouco mais é hidratar bastante os pés com qualquer tipo de creme hidratante e usar meias á noite para dormir, andar descalço, não usar sapatos de plástico e borracha só de couro e água da praia é muito bom.
Boa coceira à todos.

Roberto disse...

Meu caso começou depois que mudei de cidade já faz 4 anos, apareceram sempre somente no pé direito, bolhinhas de água que não coçam e furando-as resseca a pele. Como inclino para alimentação sempre que ocorre algo, comecei a tirar café, chocolate e evitar stress, faço uso de produtos da Forever Living Products, o suco de Aloe Vera resolveu meu problema.


Sds

Roberto Pessoa
robertopessoa@hotmail.com

cemanosdesolidaogabriel disse...

também tenho esse porcaria fico com as maos em chamas de tanto coçar! sempre notei que isso ocorre com mudança de clima! ahhhhh como e bom saber que não estou só!

Marina disse...

Desde criança me lembro de ver bolhinhas nas minhas mãos e pés, mas eram sempre poucas e sumiam em poucos dias, sem maiores problemas. No início do ano passado, no entanto, apareceram dezenas nos dedos anelar e médio da mão direita. Fui à dermatologista que me indicou uma pomada à base de corticoide. O tratamento não deu resultado. Voltei a me tratar com homeopatia e ainda não deu rersultado... Hoje estou na fase mais crítica, com o dedo todo tomado e começando a chegar na palma da mão. Acordo à noite pra me coçar... é bizarro.
Descobri que meu avó e todos os meus irmãos também têm isso, cada um com intensidades diferentes.
Vou ver se mudo de homeopata e tentarei algumas das profilaxias que sugeriram aqui para amenizar os sintomas.

Vikah disse...

OLa PEssoal,meu nome é CAROLINE, eu vinha sofrendo com isso a um ano nao aguentava mais a coceira e as bolas que coçavam tanto ate escamar a pele e virar ferida no pé inteiro.
Descobri um tratamento que acabou com isso!
Primeiro isso é um problema emocional que quando não estamos bem faz com que coçe mais ainda!
O que eu tomei foi um comprimido por semana de fluconazol durante 6 meses! não pod interromper o tratamento se não volta! Cada comprido custa em média R$6.50 custando ao mês R$ 26,00 não é caro e acaba com o problema!

Lu disse...

Gente...
Estou intrigada, me falem: como essa doença pode ser psicossomática? minha filha tem 2 aninhos e apareceu isso nela agora nessas férias depois de frequentarmos uns balneários lá no RS. Para incrementar o enigma: minha sogra tem isso e meu marido também. Realmente os sintomas são exatamente como os descritos acima por vocês. Eu não sei o que fazer, vou ver com a pediatra hoje qual a pomada mais indicada pra ela, considerando que ela é criança, não vou passar nada por minha conta.
Meu marido disse que tomou um comprimidinho pequeno e resolveu o problema por um tempo, deve ser o "fluconazol" como se referiu a Caroline, logo acima.

Bom, vamos ver o que vai dar.. a pobrezinha não dorme, só chora e está andando mancando de tão grande que estão as bolinhas.

antonio.raya disse...

Srs e Sras, muitos dermatologistas, clinicos, e pais de santo depois, procurei fazer uma pesquisa a respeito de Desidrose ou Disidrose. Descobri que é um problema que aparece sempre com aumento de tensão e stress (fica proporcionalmente maior para que sofre de sudorese(sua muito)).´´E de fundo puramente emocional e infelizmente em alguns casos não tem cura, porém existem maneiras de vc conviver com isso, :- recita......MUITA CALMA, PARE COM SUA ANSIEDADE, LEVE UMA VIDA MAIS LIGHT, DURMA BEM, E OUTROS....(sei que é impossível tudo isso junto, porém se fizer pelo menos duas coisas melhora muito). Uma dermatologista me receitou quando a coisa ficar ruim mesmo duas coisas:-
Usar a pomada Drenison (lavar bem os locais e procurar passar a pomada sempre que puder durante o dia e a noite qdo for dormir) quando houver feridas e depois que melhorar um pouco, ela mandou que eu fizesse um remédio cuja composição é a seguinte;
Lactato de Amonio 12%
Acetato de Hidrocortisona 0,1%
Vitamina A (d) 50.00QUI
Nistatina 100.00QUI/DL
Pantenol {E} 5%
Alantoina 0,1%
Oleo de Rosa Mosqueta 2%
Loção Base Hidratante QSP 100ML

Utilizar duas vezes ao dia no mínimo.
NO MEU CASO MELHOROU E MUITO.
Se pude ajudar, obrigado pela chance.
Abraços e muita calma.....

Fer disse...

Isso acontece quando estamos com o sistema nervoso hehehe..

Brincadeiras à parte, é muito importante procurarem o serviço psicológico. É claro que você não vai chegar ao psicólogo e dizer: Vim aqui pra curar desidrose!
Procure terapia para se conhecer melhor. Para lidar com ansiedades e estresse.
Todos temos ansiedade, mesmo aqueles que dizem não ter problemas emocionais.

Não apenas a desidrose, mas muitas outras doenças são de causa psicossomática.

O problema é que as pessoas, em pleno século 21, ainda têm estigmas em relação à psicoterapia. E os que não tem, pensam que vão aliviar o problemas emocionais em uma semana.

Mas digo isso com certeza absoluta: psicoterapia é uma ótima solução.

Abraços

Anônimo disse...

Pra mim a pomada quadriderm (valerato de betametasona) resolveu bastante. Comprei o genérico, que é mais barato.

Marina disse...

Esta semana uma amiga me indicou uma pomada que comcei a usar ontem e senti profunda melhora: meu dedo estava em carne viva e muito dolorido e hj está visivelmente melhor!!!!
O tratamento: "Pomada do Vovô Pedro". É uma pomada distribuída em centros espíritas, mas não tem nada de "milagroso" não. É feita com base nas propriedades medicinais de plantas e produtos naturais, como própolis, erva-de-bicho, ipê-roxo e o condurango, não apresentando efeitos colaterais.
A coceira não passou, mas considerando que usei apenas um dia e já verifiquei melhora, recomendo.
Neste site podem encontrar alguns pontos de distribuição da pomada que não é vendida, e sim distribuida gratuitamente: http://www.marianunes.org.br/pomada.htm
E vamos relaxando... rs

coelho disse...

Acho que tambem tenho a desidrose desenvolveida apos o falecimento de minha mãe.Tenho usado o Creme(pomada)quadriderme, alivia mais não resolve.

Anônimo disse...

Olá amigos,

Incrivelmente consegui resolver o problema da desidrose em um dos meus dois dedos do pé afetados por essa enfermidade (o indicador e o pai de todos - resolvido no indicador) seguindo as indicações que o nosso colega Anônimo postou em 30 de setembro de 2008 09:08. Somente complementei com uma pomada de cetoconazol (anti fúngico) + betametasona (cicatrizante) após um tempo de contato de aprox. 45 min da pele com a água sanitária, além de substituir o desgate da pele por uma lixa de unha. A certeza da qual tenho a satisfação de compartilhar se dá embasada em dois fatores chave: 1) Como tenho a desidrose em 2 dedos, fiz o procedimento em um só deles para deixar o outro de testemunha 2) Tempo decorrido de aproximadamente 3 meses desde as aplicações com um só dos dedos afetado desde então. Estou muito feliz com o resultado, porém reafirmo que a técnica é dolorosa e, acredito eu, perigosa se analisarmos pelo lado clínico da operação. De qualquer forma se a área afetada é pequena e você não se incomodar com a agressividade do procedimento, indico fezê-lo uma vez que o resultado final objetivamente satisfatório. Digo objetivamente, pois ainda não consegui controlar a maldita ansiedade (risos). Abraços a todos, fiquem bem e desejo melhoras.

Anônimo disse...

Caramba, fiquei impressionada com os 142 comentários. Estou numa fase que a minha escamou o pé todo e racha e dói muito. Já usei muitas pomadas, mas em geral ela volta. Ela está em estado crítico, tb estou passando por uma pressão psicológico bem acentuada. Em março já marquei outro médico e preciso achar algo que ao menos amenize. Mas li todos os relatos e vou tentar lidar com a situação. Sorte a vcs!

Carla disse...

Sempre tenho crises de desidrose no verão...principalmente na parte nos punhos, e sobre a mão....e me incomodam muito, tomando uma cervejinha então ficam terrivéis..me coço a noite toda e no outro dia..to cheia de bolhas e um aspecto horrível...já fui à muitos médicos e nenhum acertou o diagnostico..mais recentemente consultei uma dermato e ela mandou fazer um creme manipulado..que custa muito baratinho..7,00 reais..e por milagre tudo foi embora..mas elas voltam..nao tem jeito..mas pelo menos nao sofro mais..o Creme é a base de ureia 20%..só isso..e com este creminho fiquei ótima!!

Beijos a todos e boa sorte!!

Renata Checchia disse...

Meu caso começou do final de 2009 para cá e hoje fui a dermatologista e descobri que é desidrose... cofeço que estou um pouco decepcionada já que lendo os casos vi que não tem cura... mais acredito ser emocional, pois tenho me estressado com facilidade e acredito que por isso começou!... Tenho nas mãos e nos pés mais as vezes some e volta depois de uns meses!... Vou seguir o que a dermatologista pediu e tentar não me estressar por pouco... quem sabe assim eu consiga controlar!!!

Família disse...

No final de 2009 apareceram as benditas bolinhas q coçavam muito, no dia seguinte ao aparecimento meu dedo ficou com uma aparencia muito feia, meio roxo na ponta e a pele estava "dura" como um calo(pq martelei muito o teclado p aliviar a coçeira)... Pensei "pronto meu dedo vai cair!!!". Minha dermatologista disse q era Disidrose e receitou uma pomada q nem me lembro o nome, sei q ela pode causar muitos efeitos negativos, então esta lá no fundo da gaveta... Enfim o q fiz foi o seguinte:
- Aguentei a terrivel coçeira...
- Usei muita agua morna. Qnd começava a coçar, esquentava uns 500ml de água, e colocava o dedo de "molho".
E adivinhem? Melhorou!!! Sumiu!!! Só q qnd estou estressada(1 x por semana pelo menos)ou tenho contato constante com detergentes, aparece 1 ou outra bolinha. Logo trato de me acalmar(n é facil...) e uso luvas sempre q vou lavar louças, e logo a bolinha some(3 dias).
Isso só deve funcionar qnd se esta no inicio(primeiras bolinhas) então se é seu caso, tente e responda se deu certo, quero muito saber.

Anônimo disse...

Antes de qualquer coisa: NÃO PRATIQUE A AUTOMEDICAÇÃO. CONVERSE COM UM MÉDICO SOBRE AS DICAS QUE VOCÊ LÊ.

Eu tenho esse problema desde quinze anos.

Acredito que sejam vários fatores que desencadeiam o processo da DISIDROSE, como micose nas unhas, frieira entre os dedos, fatores emocionais e climáticos. Depende do organismo de cada um.

Bem, estou considerando a sugestão postada sobre a água sanitária. Também, como contraí micose, estou tratando com MICOLAMINA (esmalte) e FLUCONAZOL (não compre industrializado, é muito caro, encomende em uma farmácia de manipulação, se for o caso). Tive essa micose por muitos anos (até adquirir algum esclarecimento na vida) e não me preocupava. Acredito que meu caso começou a partir daí.

Porém, quando realmente as erupções começam a incomodar demais, eu uso uma injeção (DIPROSPAN) que eu mesmo aplico na coxa (ou o próprio farmacêutico, se ele for camarada). Essa injeção é muito forte e afeta a absorção de cálcio se usada regularmente. Somente deve ser utilizada em intervalos de seis meses ou mais (segundo o farmacêutico). Os sintomas desaparecem entre dois ou três dias e dura cerca de um mês e meio. Infelizmente não cura, mas permite que você mantenha um convívio social sem passar por constrangimentos.

Também uso uma pomada nas mãos para melhorar a aparência, o nome é DIPROPIONATO DE BETAMETASONA + ÁCIDO SALICÍLICO.

O tal pozinho que se mistura à água, salvo engano, é PERMANGANATO DE SÓDIO, mas acho que auxilia apenas para cicatrizações e não para impedir o surgimento das erupções.

Bem, espero ter contribuído. Peço que DEUS ilumine a mente dos nossos médicos e cientistas para encontrarem uma cura para este e tantos outros problemas de saúde que nos cercam.

Abraços!
(Perdoem a extensão, mas tentei colaborar com o máximo que aprendi a respeito.)

Anônimo disse...

Amigo, desculpe-me mas o termo correto é Disidrose, e não "desidrose"...por favor, dada a abrangência de seu Blog, corrija-o =D Obrigado

mila disse...

eu sofro do mesmo problema relatado por todos, não acho ser psicológico
pelas diversas observações,que tenho feito; isso ocorre no calor,com a ingestão de coisas ácidas e alcool

Shiver disse...

Oi pessoal, esperimentem usar uma pomada chamada Naderm, essa foi a única eficiente para fazer sumir até aquelas cascas que se formam depois das bolhas estourarem! deve custar em torno de R$6,00 a de 15g e R$13,00 a de 30g

Fernando disse...

Um amigo meu tinha disidrose, até que ele resolveu apelar e foi numa benzedeira, ela pegou um toco de madeira, queimou um pouco e passou no pé dele, nunca mais voltou. Foi impressionante. Procure agora mesmo a benzedeira mais perto de você !

raylda disse...

Disidrose:
1º: o diagnóstico correto costuma vir de um alergista e não do dermatologista.
2º: o tratameno varia conforme a causa: emocional (stress); alergia; micoses; retenção de suor, excesso de ácido úrico etc. A dica para tentar relaxar, embora importante, vai surtir pouco efeito se a causa for retenção do suor no calor...cada causa requer um tratamento específico. Mas..
3º: independentemente da causa e da pomada receitada, colocar luvas de silicone depois ajuda bastante pois isso leva a absorção da pomada para as camadas inferiores da pele bem mais rápido (no pé pode ser um saco plástico).
4º: no meu caso é comprovadamente emocional, num momento em que eu estava trabalhando 10, 12 horas por dia, de domingo a domingo, além de cursar faculdade e cuidar de casa, filhos etc. Antes que o stress estourasse num câncer ou enfarto, o organismo deu um sinal de que não ia bem: disidrose. Foi o que bastou para eu desacelerar geral. Nunca mais tive.
5º: se os momentos de stress são inevitáveis, nossa reação a eles pode mudar. Mais calma e menos ansiedade. Hoje, quando estou começando a entrar num quadro de stress, aparece, bem leve um outro pontinho vermelho na mão e uma leve coceira. Pronto. Soa como um alarme para mim: É HORA DE RELAXAR. E simplesmente DESAPARECE qualquer sintoma! Há dois anos que não tenho mais as terríveis bolhas. Certamente não infartarei ou terei câncer associado ao stress
6º todas essas dicas foram da minha alergista, espero que possam ajudar
7ºo post da "água sanitária" é intrigante. Eu não faria pois me pareceu doloridíssimo mas achoi que o autor deveria levar ao conhecimento de um médico...quem sabe não está aí a cura, pelo mesno para as que são causadas por micoses?
Raylda

lessa disse...

No ano de 2004 comecei a ter disidrose, como já havia dito em postagens anteriores. Iniciei o tratamento com remédios alopáticos receitados por Psiquiatra (como já disse a doença é de fundo emocional). Em 2007 comecei a diminuir os anti-depressivos e ansiolíticos com acompanhamento médico. Mas infelizmente a disidrose voltou em 2008. Tive 2 crises seguidas. Não querendo voltar a tomar os remédios controlados, que na verdade não possibilitam a cura da doença mas somente interrompem ou bloqueiam temporariamente os sintomas e nos deixam dependentes deles a vida toda, fui informada por um amigo sobre um Tratamento Alternativo: A Iridologia (ciência que permite, graças à observação da íris, detectar perturbações orgânicas, metabólicas, nutricionais, nervosas, hormonais e certas patologias). Fiquei impressionada com o diagnóstico preciso do Terapeuta que foi direto a raiz do problema dizendo como eu estava me sentindo e o que o tratamento com os florais (no meu caso) iriam fazer para equilibrar o meu emocional novamente e me deixar completamente boa. Hoje, após oito meses de tratamento posso dizer que me sinto muito bem, com a paz interior que eu tinha antes e havia perdido a tempos. As vezes eu mesma nem acredito. Estou mais tranqüila, posso dizer q voltei a respirar calmamente e me sinto mais controlada diante das situações difíceis. E as bolinhas? Ainda vejo uma ou duas de vezzzz em quandoooo, bem pequenininhas, quase não dá pra enxergar, tenho q ficar procurando... e sabe o que acontece???? Ao invés de explodirem, (coçarem, incharem e virarem borbulhas de água até estourarem e depois criar feridas horríveis, sem falar na coceira, ardência e dor que acompanham isso tudo,) elas simplesmente somem. Vão embora!!! DESAPARECEM!!!! E não voltam mais....e acredito q não voltarão, pois estou cada vez melhor e ainda estou no oitavo mês de tratamento, tempo previsto pelo Iridólogo, logo na primeira consulta, para eu começar a sentir melhora. Outra vez ele acertou. Eu nunca mais tive as crises!!!!! O que quero passar para vocês é que depois deste tratamento sou uma nova pessoa. Os florais não são como os remédios alopáticos que apenas bloqueiam a doença, mas eles caminham para a cura delas. Como o Iridólogo pôde identificar pela íris do meu olho qual era o meu real problema, ficou fácil para ele identificar quais os florais certos para meu tratamento. Quais iriam agir diretamente no X da questão. Há um tempo atrás eu estava vivendo angustiada quando ouvia os médicos dizerem que isso não tinha cura. Até nos comentários postados neste blogue muitos relataram o mesmo. Assim eu sofria 2 vezes, com a doença e com a falta de perspectiva de cura ou de pelo menos um tratamento realmente seguro.




Aconselho a todos vocês a optarem por este tratamento sem demora e assim parar de sofrer e perder tempo com coisas que, apesar da boa vontade dos médicos, infelizmente não vão resolver definitivamente. Deixo para vocês o contato do meu Terapeuta e o endereço do site para vocês conhecerem mais sobre a Iridologia.




Terapeuta Holístico: Jair Soares – Tel.: (11)4747-3824

www.nucleoquantico.com.br




Qualquer dúvida podem me enviar e-mail: sandesign3@gmail.com




Um abraço a todos: Alessandra.

Rose disse...

Tenho todos estes sintomas descritos: 2 dedos da mão direita rachados, e 1 dedo da esquerda.
Não sei como peguei isso, só sei que já tem +- 8 anos que sofro com isto.Já perdi até a digital do dedo indicador da mão direita.
Passei c dermato, que receitou Nutraplus, e o uso de luvas de algodão e uma outra por cima.O problema é que qdo os dedos estão rachados, até mesmo a luva de algodão machuca...
Passando o inverno, faço uso continuo das luvas, já me adaptei a isso, mas o que percebo é que no inverno, o sabonete,o shampoo e até mesmo a água que uso p higiene em geral, faz com que piore o ressecamento dos dedos afetados.
Será que o meu problema tb é disidrose???Ou poderá ser psoríase nos dedos???Gente, por favor me ajudem.

ione ribeiro disse...

Ola pessoal,hj descobri o que são as bolinhas que tanto me encomodam,nossa é desesperador o meu caso é na sola dos pés,acredito q sejam mesmo ploblema emocional,pois elas atacam quando tenho algum estress e fico com alguma preocupação,a coceira só passa quando furo e tiro a aguinha,mas depois vem a dor sem contar que a sola do pé fica cheio de furinho,vou experimentar algumas dicas citadas,boa sorte a tds

Anônimo disse...

Alguém já tentou contato com especialistas cubanos? Tentem! Nossos dermatologistas pouco sabem sobre a disidrose. Caso positivo divulguem.

Michael Darolt disse...

Eu tenho desidrose ha varios anos tmb, mas me aparece raramente. Tenho somente na sola do pé. Creio que é no momento que tomo mais bebida alcoolica. E um pouco de estresse tmb, porem nao me incomoda.

Cidalvarenga disse...

Eu já tive isso tudo, senti coseira no pé, deu bolhas, minava uma água que onde batia nascia outra bolha.
Quando arrebentava queimava.Fiz tratamento 5 anos como psuríase, depois me disseram que era desidrose.Eu sentia muita dor quando pisava, queimava.
Fiz exame pra ver se era fungo.
Não deu nada e a enfermeira disse que não acusa mesmo.
Aí me disse que procurasse uma podóloga.
Fiz tratamento com a podóloga durante 6 meses.
Ela disse que era uma fungo da unha que descia para a sola do pé.
Passei a ir no consultório todo mês pra tirar a cutícula fazer uma e higiene nos pés, não podia pintar. Usei loprox líquido, depois oxipele.
Olha sarei de vez, nunca voltou, graças a Deus.
Porque vocês não experimentam uma ida a podóloga?
Se não resolver vale a tentativa para tirar qualquer dúvida!
Boa sorte pra todos e muita saúde!

Neila disse...

ai, ai, ai, quanta gente com isso.......parece praga... tenho na mão esquerda--antes era somente no dedo que se usa aliança (nem anel posso mais usar), e de 2 meses p/ cá, tbem está no dedo médio Tá hiper ressecado, com fissuras. Já fiz varios tratamentos e o ultimo foi em junho do ano passado. A dermatologista receitou a pomada chamada DESALEX e usar luvas p/ todo serviço que se use sabão ou detergente. Na época melhorou, mas esses dias está terrível. Não sei que mais passar.

Anônimo disse...

Aiii Tô tão feliz de saber que não sou só eu ! Hoje vim fazer uma pesquisa pra saber o que são essas bolhas e encontrei as respostas .. só pra confirmar o que as pessoas ja me falam.. tenho essas coisinhas a mais de uma no eu acho.. e eh so nos dedos das maos e no pé direito..primeiro começou em baixo do pé e agora está no lado ! é uma sensação horrivel, fora que as pessoas olham com nojo mesmo ! Procurarei um médico em breve ! e espero achar a solução, pelo menos para o pé que eh mais horrivel! husahusa..

Anônimo disse...

Realmente não sabia que tantas pessoas sofrem deste mal, acho que agora da pra relaxar que sabe assim fico boa logo. Angela

Renato Melo disse...

Eu também tenho desidrose, ou disidrose, ou ainda ponfólige.

Estou escrevendo porque estava buscando um "boua" indicação para resolver o problema.

Estava a ponto de marcar um dermatologista, denovo, e escutar dele que devo fazer exercicios, dormir melhor, alimentação, etc, etc....

Mas lendo, vi que tem mesmo uma relacao com a frieira e outros fungos. Isso foi até confortante...

Vejo que o POST está cada vez mais longo e cada vez mais pessoas contribuem.

Vou tentar betametasona e vodol esses dias.

Temos que sugerir aos pretendentes a mestres e doutores em medicina que foquem suas teses nesse problema tao comum.

Renato Melo disse...

Alguém sente que quando "florescem" as bolinhas, está respirando mal?

Seguramente em função de um stress... mas acho que tem algo a ver também...

Rita Santana disse...

eu tb tenho! deus! que inferno rsrs
é simplesmente terrivel...
meu pé esquerdo tá em carne viva...e dói...as bolhas crescem que eu nem vejo e coçam horrorem!
Eu olho pro meu pé e falo: é filho! já era pra vc...

Bruna disse...

Amigos...tenho desidrose há uns 16 anos e vou dizer pra voces o que NÃO ADIANTA.Não adianta parar de comer as coisas,mas percebi que se eu diminuir as coisas remosas as bolhas amenizam (tipo: chocolate, carne de porco, coco, amendoim); Não adianta tomar antiflamatórios,nem antimicóticos, nem antibióticos, tenha certeza que se uns destes fizerem as lesões sumir voce Não tem desidrose (quase morri em um hospital, pois o médico disse que era para eu associar Eritromicina com Cetoconazol e eu tive uma reação tipo convulsão); Não estourem as bolhas..tem que usar pomadas apropriadas. Quando a lesão tá em ponto de "mela", quando sai aquela "agüinha" eu limpo e coloco Rifocina spray para secar e depois fico usando nos locais mais secos uma pomada à base de CETOCONAZOL+ DIPROPIONATO DE BETAMETASONA...que está me ajudando muito. Enfim...beber muita água tb faz bem. Masss essa praga é psicosomática, se vc não está bem com vc as bolhas fazem a festa..e infelizmente pra isso, eu, assim como voces ainda não encontramos a cura. Boa vida a todoss

Vanessa disse...

Bem... descobri sozinha o q eu tinha. Tenho desidrose desde q me conheço por gente, cheguei a ficar com as mãos mto feias qdo era criança. Sou fisioterapeuta, e p mim é mto chato qdo aparece nas mãos. Mais como eu tenho hiperidrose (suor excessivo) nas mãos e pés, uma dermatologista me passou um creme a base de uréia a 10% q foi um milagre. Toda noite antes de dormir eu passo nas mãos e nos pés, e isso melhorou mto milhas bolhas...

eddyneguinho disse...

silvia disse
eu tenho tudo isso que li desta página e como mulher fico envergonhada em estar com os pes a todo momento descascando .Já passei pomadas com cortizona ,mas depois volta.....
è moçada do nosso grupo temos que conviver com coceiras , bolinhas, vergões e etc ......ja estou saturada disso

nana disse...

Olá pessoal, infelizmente também sofro com a disidrose. Tenho esse problema desde os 13 anos, hoje estou com 35. Minha mão direita ficou tão ruim com o problema que minha carne apodreceu e caiu. Meus nervos ficaram a mostra. Durante 1 mês tive que pagar uma enfermeira para cuidar dos curativos porque as pessoas da minha família ficaram com medo de fazer e piorar ainda mais a minha situação. Com o tempo a carne foi se regenerando, mais eu só dormia a poder de calmante, pois a coceira era insuportável. Fiz tratamento com vários medicamentos, infelizmente nenhum deles foi capaz de sanar o problema. Vivo com esperança de haverá uma cura um dia. Sou casada e muita vezes não consigo fazer uma comida ou lavar uma louça. Sorte a minha que tenho um marido compreensivo.
Caso alguém tenha usado algum medicamento que tenha tido algum resultado, por entre em contato comigo no e-mail: nanamellocunha@yahoo.com.br
Boa sorte a todos...

Anônimo disse...

Essas "pragas" apareceram em mim a +ou- 1 ano, fiquei quase louca de tanto coçar, estourava as bolhas e colocava alcool,às x aliviava 1pouco e logo estava coçando outra vez.Qnd fui ao dermatologista veio a decepção: ele disse que ñ tinha cura,m receitou 3 injeções Beta Trinta,pomada Diprosalic + 1 monte de remédios e nda resolveu para, ajudar me apareceu 1 micose em cima da "praga" nos pés q coisa horrorosa q ficou, fiquei até c vergonha.Usei pomada Icaden e parece que foi abençoada, derrepente ñ havia + nada.Agora a disidrose resolveu me fazer uma visitinha, sabe daquelas que levam semanas para irem embora, então minhas mãos estão parecendo escamas de peixe.Só q eu ñ consigo parar de furar as bolhinhas assim parece q coçam menos. Enquanto isso pessoal vamos aprendendo a conviver c essas visitinhas indesejáveis né. Beijos
Suzianne.

Anônimo disse...

Oriens disse:
Tenho disidrose desde criança (há mais de 20 anos) e nenhum médico a associou a problemas fúngicos. Mas, após ler todos os comentários, o que me parece fazer mais sentido é a explicação que o anônimo deu e da sua cura com o uso da água sanitária. Se o problema está entre a derme e a epiderme, fica difícil qualquer tratamento com pomadas resolver o problema.
Parece que o resultado do tratamento com agua sanitária funciona, mas deve ser muito dolorido. Não seria o caso de utilizar permanganato de potassio no lugar dela, vez que ele não causa dor?
Uma opção à decapagem com lâmina ou lixa é ir a um podologo antes para lixar a área até romper as bolhas e depois usar o permanganato (ou a água sanitária para os corajosos).
Vou tentar fazer dessa forma e depois volto pra dizer como foi afinal os médicos nunca levaram a sério meu problema.

Anônimo disse...

De acordo com o meu dermatologista é o seguinte: 40% dos casos de desidrose não tem causa evidente, os outros 60% está associado a algum outro problema de pele (micoses) e neste caso a desidrose é uma alergia do organismo aos fungos.
Portanto, procurem a causa e torçam para estar entre os 60%.

Tem mais uma coisa,eu tenho isso a pelo menos 15 anos e é no calor que aparece com mais intensidade, infelizmente estou entre os 40%.
Uso cremes com corticóides, mas servem apenas para diminuir as bolhas e aliviar a coceira.

Nando disse...

Desde há 2 anos que quando o tempo está quente e durante o dia os pés aquecem, aparecem-me na sola do pé as ditas pequenas bolhas desde o centro da planta do pé até à borda, consoante eu as vou secando, furando-as com uma agulha esterelizada, e desinfectando a pele. O problema é que repetem alguns tempos depois, pelo menos enquanto o tempo quente dura. também como todos vós eu queria saber o melhor tratamento para acabar com isto de vez, e só as tenho à 2 anos.

Waltemir disse...

Estou com essas bolhas aparecendo nas mãos já faz algum tempo (15 mêses), já me tratei com 4 dermatologistas diferentes nesse período,cheguei a fazer a biópsia onde foi constatado dermatite espongiótica favorecendo eczema desidrótico. A dermatologista me passou passou vários remédios onde gastei uma nota e não adiantou nada.
Foi quando cheguei no quarto médico que olhou fez perguntas, e viu que já foi tratado como micose e fungos e não resolveu, alergia pouco provável então resolveu tratar como eczema numular que também é um tipo de disidrose, minhas mãos estavam cheias de bolhas cheias de puz, pois já estavam inflamadas eu não conseguia me vestir sozinho não conseguia escrever ela me receitou DIPROPAN SOLUSPAN 01 ampola, RUPAFIN 01 COMPRIMIDO AO DIA PERMAGANATO DE PATÁSSIO 3X AO DIA E UMA POMADA DIPROGENTA CREME APÓS O PERMAGANATO 2X AO DIA.
Isso foi na terça dia 20 de abril minhas mãos estão ótimas melhorou muito mais muito mesmo só está com a pele muito fina, mas já consigo fazer tudo sozinho.
Não estou receitando nenhum remédio e sim constatando os profissionais que temos por aí porque já gastei quase R$1000 reais em remédios que não adiantaram nada, e bastou uma médica mais esperiente com embasamento científico eo tratamento começou bem, pode não ser assim em outros casos que pode ser mais fácil ou difícil.
Espero que todos consigam passar por essa fase porque só quem passa por isso sabe como é.
Bom tratamento a todos.

Felipe disse...

Pessoal, a desidrose é acumulo de acido urico na mão ou nos pés (+ comuns) A razão desse acúmulo é porque o orgão responsável pelo processamento dessa acidez (de ordem primária, psicossomática) é o fígado.

Os dermatologistas não descobriram a cura e nunca vão encontrar porque não esta na pele, esta no fígado.

Evitar alcool e sucos ácidos pode ajudar. Anti-oxidantes como epocler, Eparema, Figatil ajudam e muito. Porem, a causa é sem dúvida psicossomática e a cura esta na mudança da ou das escolhas que você vem tomando na sua vida.

luciana disse...

acho que tenho essa porcaria de disidrose , mais o meu e só no pé esquerdo.começou pelo o meu segundo dedo do pé esquerdo agora o lado dele está me torturando ... não sei mais o que faço para isso parar como dói!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Toni disse...

ola tudo bem, tem cura, use oxipele ou diprogenta, sara mesmo. vai la na farma cia e compra o generico falo.

fabiana disse...

Eu tambem escutei falar que era acido urico.Meu médico disse que era estresse, porem a pomada recomendada nao funcionou.Fiz varias tentativas e a unica coisa que melhorou foi miconazol, porem nao resolveu o problema.
Fabiana

Flavia disse...

descobri a maldita disidrose ha 13 meses. Um dermato me receitou pomada cloridrato de clobetasol que nada adiantou e tbem usar luvas de algodao embaixo da de latex. Comecou do debaixo da alianca, mas ficou pior mesmo agora que atacou as pontas de quase todos os dedos... elas racham, sangram e nao tenho mais digitais. Ja passei dexametasona, quadriderm, trok, novacort (todas receitadas)e nada de melhora... Desde a que foi desencadeada a crise ela nunca regrediu, piorou muito no ultimo mes...vou comecar usar o creme hidratante topidrate. Quem usou e viu melhoras entre em contato. Tambem me interesso em resultados com a homeopatia.Me audem estou DESESPERADA. flaviarubia@pop.com.br

Leonardo Luiz Fritzen disse...

Oi meu nome é Leonardo Luiz Fritzen, eu nassci no dia 3/05/1998 e tive esta praga aos cinco anos, na quela época não me atrapalhou porque tinha dado a ferida na mão esquerda e eu sou direiro.Eu, naquela época eu apenas me assustava com a aparência do dedo.Me receitaram um pomada que eu não me lembro o nome, mas pouco tempo depois de usar esta pomada meu dedo sarou, mas não temho serteza se foi por causa desta pomada que melhorou ou se foi alguma outra coisa.Quando eu tinha oito anos começou esta praga novamente e o pior era no dedão direito, neste dedo eu não pacsei nenhuma pomada, mas um ano depois curou, e um dia depois que curou começou isto fraco em outros dedos e depois é parece que a praga escolheu o dedo mínimo pra começar a atacar forte o dedo quando eu tinha dez anos continuou esta praga, no começo do ano de 2009 sarou a praga no dedo mínimo e começou em três dedos: mínimo esquerdo, anular direito e médio direito.Nesses três dedos eu tenho a praga até hoje que é dia 07/05/2010.Desde oito anos crecsem pequenas bolas de água que eu estoro com as unhas e estou sempre tirando as cascas dos dedos e muitas vezes sangra e causa rachaduras que doi muito.Já visitei pediatras e dermatologistas para descobrir a cura disso passei várias pomadas como candicot, psorex, trok-g, tomei comprimidos como pretchim e muitos outros medicamentos.Pelo que o meu ultimo dermatologista falou, o que eu tenho é uma desidróse, e percebi que quando eu fico estressado meu dedo cria rachaduras.Meu nome no orkut é Leonardo Fritzen. Tchau!!!!!!!!!

Rogerio disse...

UMA BOA OPÇÃO E USAR POMADA DE CLOTRIMAZOL, MAIS CONHECIDA COM CANESTEN, CLOTRIMAZOL GENERICO É MAIS BARATO, PASSAR NO PE A NOITE ANTES DE DORMIR E COLOCAR UMA MEIA CONFOTRTAVEL, PASSAR TAMBEM APOS O BANHO

VALLE disse...

Li todos os comentarios. Tenho isso desde dezembro de 2009 eano acredito estar com a desidrose por causa de estresse. Passo por uma fase muito legal da minha vida. A unica exlicacao seria de que agora que estou bem , estou colocando tudo para fora...a medica me deu CLOB X por 1 semana e tenho que fazer um teste de dermatite de contato...vamso ver o que acontece...

Morgana disse...

Oi pessoal!
Tenho problema com desidroses desde pequena, e na época a dermatite era agravada por bactérias (stafilococus e streptococus) e tinha alergia a corantes alimentícios artificiais. Hoje tenho 28 anos e estava a mais de quinze anos sem crises agudas, às vezes apareciam algumas bolhas pelo uso de anéis, pulseiras e relógios. No fim de 2009, comecei a sentir novamente os sintomas e até agora estou sofrendo com isso. É ruim demais! Estive lendo uma reportagem sobre ingestão de níquel e dermatite de contato. Ela dizia que as pessoas com esse problema devem cuidar com a ingestão de níquel na dieta. fato é que "tudo" contém níquel, já que ele vem do solo, mas alguns alimentos são mais ricos, tais como: cereais em geral, castanhas, amendoim, chocolate, gordura vegetal hidrogenada, alimentos enlatados e em conserva e alimentos ácidos cozidos em panelas de inox, como molhos de tomate. Vale a pena ver quais foram os alimentos ingeridos antes de uma crise. Não estou usando remédios, e tento controlar a minha dieta, o que é muito difícil, principalmente resistir às tentações... então, tenho vivido em altos e baixos!
Espero ter ajudado!
Abraços,
Morgana

Anônimo disse...

Olá pessoal, também tenho desidrose, e descobri por acaso, quando tomei a vacina da influenza, que ela melhou muito meus pés. Por isso tomo todos os anos........espero que ajudem vcs também.

Gus... disse...

Tenho 22 anos e descobri ontem que tenho desidrose.. Tem bolhas no pé e sai um liquido transparente..
Meu pé direito tah vermelho, inchado. Nem consigo pisar no chao direito...

A médica receitou hixinie (a cada 12 horas e dá sono...) e betaderme creme 2x ao dia... deixar o local seco.. to ficando preocupado deste treco nao sair... tem um monte de gente dizendo ter isso sempre...

tava pensando nesse negocio de stress.. to numa fase boa da vida.. acabei de ser promovido..

outro ponto que li em outro site é quem tem alergia.... tenho rinite alergica.. e tomei 2 semanas atras amoxilina...

Agora fico sem saber a causa real do problema.. enqto isso vou tratando e posto aki novamente daki 1 semana... e conto o resultado dos remedios..

thanks

thepukz disse...

Eu tive quando minha vó faleceu, em 2008 e depois disso só tive agora em 2010... deve ser por conta de uma viagem que vou fazer, trocar de cidade sem querer... tô estressada, ansiosa... um tanto triste e quando percebi, lá estavam as bolinhas nas mãos, em todos os dedos e na palma da mão toda, tá coçando muito e tá bastante dolorida, começou ontem... ainda falta passar pela fase da mão de pedreiro e depois a fase da cobra (sair a pele toda da mão) pelo menos dessa vez eu tô mais tranquila pois da primeira vez que tive fiquei tão nervosa sem saber o que era e no que ia dar... (eu tenho pânico de doença de pele) achava que ia ter isso pra sempre, sem parar... mas pelo jeito é só quando acontece algo bem forte na minha vida, acabei de pedir a pomada desonol da farmácia pois se não me engano foi ela que usei da última vez... queria saber o que usar pra melhorar a pele ressecada depois das bolinhas... alguém tem alguma dica? qualquer coisa me respondam por e-mail : thepukz@hotmail.com OBRIGADA!

Anônimo disse...

Sempre tive isso nas mãos quando criança. Lembro-me de ter sido caçoado pelos meus amigos da escola e rotulado de "Monstrinho" devido ao aspecto das minhas mãos - sempre ressecadas, rachadas e várias vezes com a camada inferior da pele exposta.
Lembro-me de usar uma pomada chamada bi-nerisona e aplicá-la de uma forma estranha, seguindo a receita do demartologista: Eu aplicava nas mãos antes de dormir, colocava um saco plástico envolvendo as mãos, amarrava o saco plástico com fita adesiva e em seguida colocava uma meia nas mãos para abafar tudo.
Eram tristes as noites que eu acordava com sede e não conseguia pegar água para beber sozinho na cozinha, pois eu tinha uma meia nas mãos.

Depois da adolescência o problema parou e voltou agora, aos 25 anos, mas desta vez nos meus pés. Realmente os fatores psicológicos influenciam muito. Procurarei um demartologista esta semana para receitar alguma pomada nova.

Fiquei muito mais tranquilo ao ler os comentários de muitas outras pessoas que passam pelo mesmo problema e saber que sou normal.

Nathália disse...

Pessoal,
Confesso com fiquei "contente" em saber que não passo por isso sozinha. Apareceu na minha cutícula, tanto do pé, qnto da mão e em torno. Sinto uma coceira insuportável, sem controle. Chego a me machucar, pq uso coisas mais ásperas possíveis pra coçar. Ficam nesse vai e vem, e não acabam nunca. Já fui em dois médicos e não consegui solução. O último me passou a Trok-N + um hidratante lá que não me recordo o nome. Trok-N é indicada pra usar qndo ela (Disidrose) já está na fase seca. Eu uso MUITO óleo de amêndoas, aqueles comprados em farmácias, baratinhos. Ajuda muito. E uso a pomada qndo elas estão estourando. Pq dói demais e a pomada alivia um pouco. E é isso. Já desisti da cura. Tenho certeza que é emocional, pq qndo me stresso, fico muito emocionada ou aborrecida, elas VEM COM TUDO. É isso.

Anônimo disse...

Oi, Isso apareceu nas minhas mãos neste inverno de 2010. Tenho certeza que é do emocional. Tenho mãe com Alzheimer e isso está acabando comigio. Outro dia incomodou muito e eu peguei um tubo de Drenison e coloquei. No outro dia estava tudo bem sequinho. Continuo colocando. Já não tem quase nada.
iparaujo@vetorial.net
18 de julho de 2010

getulio disse...

Vicente,
A primeira palavra do meu dermatologista foi - Voce não dorme a noite. E vive estressado.
Realmente, ele acertou. Faz sessenta dias que estou tomando, fluoxetina -para o stress- pela manhã e Doxepina-para dormir- a noite, não passo nenhuma pomada. Estou nessa a sessenta dias e estou sendindo-me ótimo.
Abraço a todos.

kaiane disse...

Carla disse...
tenho desidrose na mao esquerda
ja tem uns 5anos,tratei com dermatologista e infectologista
mas nao tive susseso.
Isso me icomoda muito,as pessoas
fica perguntando o que e isso na sua mao? parece cobreiro outros falam que e micose é horrivel...
Kaianesinigalia@hotmail.com

19 de agosto de 2010 08:55

Pedro Lucas - Juca disse...

Há 3 semanas eu terminei um namoro de 3 anos, e há 3 semanas eu comecei a tomar um anti-inflamatório que continha PIROXICAM (tomei esse anti-inflamatório por 5 dias). Esses 2 fatores desencadearam uma disidrose na minha mão esquerda das mais feias, não vi nada parecido na internet. As pequenas bolhinhas aglomeraram e formaram uma bolha gigante, de 4cmX4cm e 2cm de altura!!. Depois fiquei sabendo que esse PIROXICAM dá muita alergia. Uma pomada de Propionato de Betametasona ajudou bastante a secar as bolhas menores. A bolha gigante teve que ser drenada pela dermatologista =)

Anônimo disse...

ola tenho disidrose a 4 meses e esta horrivel porque coçam muito as minhas maos ja n aguento mais essa coçeira infernal minhas maos estao horriveis por favor quem souber de algum medicamento que servil por favor me avisem

Família disse...

Como já disse desde janeiro tenho feito o controle da disidrose com agua morna.
Já são 7 meses resolvendo esse problema desse modo, sempre que elas ameaçam voltar eu corro com a minha panelinha pro fogo!
Mo meu caso, devido as observações feitas, tenho certeza que é emocional, e o bom de poder controlar a doença deste modo é que não custa nada, e não tem efeitos colaterais.
A maioria procura uma receita milagrosa, que cure definitivamente o mal, só que isso não é possível em todos os casos. Então vale procurar bons médicos e/ou tratamento alternativos com bons profissionais...
Nem sempre o que funciona para um, vai funcionar para os outros, assim como o que faz bem a uma pessoa pode fazer mal a você, por isso pense bem antes de usar qualquer dica postada aqui neste blog por outras pessoas, procure sempre um profissional que esteja capacitado a lhe dar alguma orientação sobre o assunto.

Anônimo disse...

Voltou em min ! Na primeira vez foi próximo a uma época de DP da minha faculdade alguns meses antes, surgia coceira no corpo todo mas a parte que mais era intensa foi na ponta dos dedos da mão, era calor naquela época, sofri pacas, achei que fosse por causa da pinga com limão que eu tomava todos os dias, agora só tomo pura, visto que quando fiz a prova uma semana ela desapareceu. foi em Abril ... Agora estamos em setembro eu só tomo pinga pura mais ela voltou denovo, ultimamente tem feito calor e a prova vai ser dia 25 de setembro. Vamos ver se em outubro isso vai embora e nunca mais volte.

Anônimo disse...

- a disidrose é uma condição não uma doença, devido a isto não há cura, apenas métodos de remoção de sinais e sintomas.
- os vegetarianos apresentam disidrose, logo carne não está associada a esta condição.
- tomar limão, ou qualquer outra fonte de ácido cítrico, não "limpa" o sangue, isto é indicação leiga e o excesso destes alimentos favorece o aparecimento de lesões gastroenterais. Isto não é atitude que visa equilíbrio.
- disidrose é uma condição de pessoas sensíveis, que podem estar ansiosas, angustiadas e/ou preocupadas.
- desequilibrio emocional, mesmo que leve faz com que haja liberação de cortizol na corrente sanguinea, isto está associado comprovadamente a lesões cutâneas.
- EXERCÍCIOS FÍSICOS REGULARES fazem aumentar a liberação de serotonina, diminuindo a ansiedade, bem como o triptofano, aminoácido precursor da serotonina encontrado em alimentos como o chocolate e banana. diminuindo a ansiedade tb diminui a disidrose.
- terapia, massagem, relaxamento também auxiliam no processo de diminuição da ansiedade.

convivo com disidrose desde os 3 anos de idade.

Eduardo disse...

Vejo que não sou o único sofredor das bolinhas...não existe mesmo tratamento?

Anônimo disse...

Tenho desidrose desde 1993 quando cursava o primeio ano de psicologia, com muitas mudanças na vida - cirurgias, relacionamento conturbado etc. Também comecei a apresentar entre os dois dedos do pé esquerdo e por vesículas nos dedos das mãos. Hoje tenho em ambas as plantas dos pés e agora formam-se bolhas (por terem diâmetros maiores), nas palmas das mãos e laterais mas não mais nos dedos. A diferença é que aproximadamente nestes últimos 5 anos surgiram nos pulsos o "granuloma anular", que progride simltaneamente a desidrose - crise de cerca de duas semanas. Minha mãe tem esta reação, também por aspecto emocional, mas não a desidrose. Minhas filha de 7 anos, iniciou com as visículas nos pés aos 4 e a filha de 10 anos tem há um ano, o que faz pensar em algo genético, não apenas ligado a fatores emocionais. Me especializei em doenças psicossomáticas, mas, embora seja defensora do desequilíbrio emocional como um dos principais fatores desencadeantes - minha pior crise foi na véspera de um concurso público - as condições ligadas a ela são sazonais - calor e secura, tanto que aqui era verão quando fui enfrentar o inverno na itália, em plena crise e bastante ansiosa com a viagem, porém minha mão rachou pelo frio e ardeu muito, mas a crise passou em poucos dias. Tive que hidratá-las apenas com um potente creme.
Acho que deveríamos formar um grupo de portadores desse mal crônico, já que é um enigma da medicina, e prova que o trabalho multi e interdiscilinar é sem dúvida, o mais abrangente. Abçs

Anônimo disse...

Também estou sofrendo com essa doença. Porém sempre que uso PSOREX ela vai embora em menos de uma semana.
Lembrando que esse medicamento vale para mim, o ideal é que as pessoas consultem seus dermatologistas para que eles avaliem qual a melhor opção de medicamento.

Anônimo disse...

Eu tenho desidrose fazem 7 anos, no comeco achei que era apenas micose, mas com o surgimento das bolhinhas eu comecei a pesquisar sobre o assunto, nao havia reparado se ele aparecia dependendo da situacao emocional e ainda nao acho. Já havia passado muitos remédios, sendo ocidentais e orientais, mas não deram resultados. Esses dias eu experimentei usar o QUUADRIDERM CREME e ja é visivel a melhora. Eu uso 2x ao dia e nossa, as minhas bolhinhas sumiram completamente em 2 dias de uso, as rachaduras ja nao doem e nem sangram, agora minhas maos estao com algumas casquinhas saindo, mas dá pra ver que minhas mãos estão ficando lisinhas. Eu ainda nao sei se o sumiço dessa praga vai ser permanente, mas eu sei que está funcionando =]

Charles Jean disse...

Curei a disidrose!

Após cinco meses lutando contra bolhas, rachaduras e sangramentos, me senti na obrigação de repassar o sucesso que obtive.

O tratamento:

>> Tintura de iodo 2%
Lave bem as mãos e aplique no local 2 a 3x ao dia.
Observei que a tintura neutraliza bolhas e a coceira.
Além disso, o produto favorece a cicatrização.
Espere secar e não deixe de aplicar o creme abaixo.

>> Creme Hidratante Emoderm
Este hidratante contém óleos vegetais e 10% de uréia em sua fórmula, essenciais à recuperação da textura natural da pele.
Pode ser reaplicado após lavar as mãos ou quando notar a pele desidratada.

O eczema disidrótico(disidrose) normalmente é desencadeado por estresse, alterações emocionais e infecção causada por fungos.
Se notar irritação em outras partes do corpo, isto pode ser um possível ataque fúngico, e como consequência, a disidrose aparece nas mãos ou pés. Neste caso, consulte seu médico para avaliação e obtenção da receita de um bom antifúngico.

Custo do tratamento:
Tintura de iodo - R$ 3,00
Creme Emoderm 100g - R$ 46,00

Espero ter ajudado!

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 372   Recentes› Mais recentes»