sábado, 5 de setembro de 2009

Memórias em gavetas

Você já parou para pensar como é surpreendente a nossa capacidade de reter sensações e memórias? O cérebro é imbatível e sabemos pouquíssimo sobre o nosso real potencial.

Fiquei assustada essa semana, quando comecei a ler o conto “As formigas” da Lygia Fagundes Telles e lá pela décima linha, eu senti que já tinha lido aquilo. Alguma palavra ou conjunto de coisas me fez buscar em sei lá qual recanto do meu cérebro e me senti revisitando aquele texto. Lá pro meio do conto eu já tinha certeza, e até já sabia o que aconteceria a seguir.

Fiquei surpresa porque um conto diante da quantidade imensa de textos que li, só nesses 4 anos de faculdade, ficou ali guardado, pronto para ser acessado. E com certeza faz mais de 10 anos que li esse texto, eu devia estar na sétima ou oitava série, quantas águas já não rolaram e fica tudo guardado aqui. Sinistro.
.............................

Fui promovida, essa semana no hapkidô, à Jóia Rara, depois de mascote e chaverinho, acho que tô melhorando rs

Um comentário:

MisterJaPa disse...

Realmente, a memótia pode surpreender. Mas às vezes você simplesmente esquece das coisas.
Queria ter mais controle sobre essas coisas...