quarta-feira, 4 de maio de 2011

Lado errado

Leio para colecionar imagens poéticas, assim, vou conhecendo mais e mais o ser humano, tento sentir o que leio, tento entender de onde os personagens vêm, de onde o escritor pode ter canalizado aquela pulsão. Adoro os textos que me passam a paixão. Leio frases e pondero: “eu já senti isso antes? Sei do que ele está falando? Ou é algo todo novo, algo que eu nunca havia pensado ou sentido?”. O melhor de ler é se reconhecer nas palavras, perceber que não se está sozinha sentindo o mundo, questionando tudo e buscando respostas (im)possíveis.
.
.
Fiquei meio chateada hoje; geralmente, eu não me meto a dar informações sem ser perguntada, mas hoje foi diferente. Senti um ímpeto inesperado de indicar onde ficava uma rua, para depois me dar conta de que tinha mandado a menina pro lugar errado. Tem gente que faz isso de maldade, de brincadeira, nem imagino os nomes que a garota me chamou ao perceber.

3 comentários:

Mr. Anônimo disse...

"Toda boa ação tem sempre uma punição."

MisterJaPa disse...

Haha, o Vinicius que adora dar informações erradas, sempre manda pro segundo andar. =P

Cla452 disse...

Hehe, ouvi essa história ontem! =D