sábado, 15 de dezembro de 2007

Sem paciência para engraçadinhos

Eu não suporto pessoas que não me conhecem e já vão fazendo piadinhas...Ontem o carinha do ensaio que fui, quis saber meu nome e já foi apontando que eu deveria ter um [nome], mesmo que eu não tenha dito e que seria aquele na carteira de identidade e blá-blá-blá...Parece que ele, estando em um meio conhecido, escolheu o mais fraco para importunar, e neste caso fui eu. Por que eu deveria dizer o meu nome, se ele não se apresentou? Encheu meu saco só pra se mostrar sei lá pra quem. E ao final, quando íamos embora e começaram as despedidas, ele vem dizer que tinha sido um prazer me conhecer mesmo sem conhecer minha voz ?!?!?! Eu deveria era ter revidado e ter dito que só falava quando tinha algo a dizer, idiota!

Um comentário:

Ricardo disse...

Depois ainda fala mal das "furadas da Álister"... tsc tsc tsc. heheheheh

=]