sábado, 10 de setembro de 2011

Entrega

08/09/11

São 10 horas da manhã
Tic-Tac

O sol esquenta (e queima)
Tic-Tac

A lama seca
Tic-Tac

O barro trinca
Tic-Tac

E o pó levanta
Tic-Tac

A alma que estava presa flutua
Tic-Tac

Livre, leve, em busca
Tic-Tac

A alma indaga:
“Onde vou me deixar estar?
Onde vou me entregar?
Perder-me para me encontrar?”
Tic-Tac

Foi só a alma não mais
Suja de lama indagar
Para a oportunidade chegar
Tic-Tac

E ali, naquele lugar,
no jardim prestes a se formar,
Rosas puseram-se a brotar.

Um comentário:

MisterJaPa disse...

Eu tinha ouvido falar que ia ter filme. As adaptações dos livros do Pratchett até são legais, mas o que faz diferença nos livros dele é a narrativa incomparável. Aí fica meio estranho.